Vilão

Quem interpretou Egídio na primeira versão da novela Renascer, em 1993?

Coronel é o filho de Firmino e grande rival de José Inocêncio

Publicado em 04/02/2024

Egídio é o grande rival de José Inocêncio (Marcos Palmeira) em Renascer. Filho de Firmino (Enrique Diaz), o coronel quer vingar a morte do pai, acreditando que o protagonista é o culpado.

O vilão nem desconfia que Belarmino (Antonio Calloni) acabou com o coronel pica-pau. Inconformado, ele tenta matar Inocêncio várias vezes.

Casado com Iolanda (Camila Morgado), que chama de Dona Patroa, o asqueroso ainda é pai de Sandra (Giullia Buscacio) e não tem muita experiência nos negócios.

Invejoso e sem caráter, Egídio dá em cima de várias mulheres e vai fazer da vida de Joana (Alice Carvalho) e Tião (Irandhir Santos) um verdadeiro inferno.

Os conflitos do personagem são os mesmos da primeira versão da novela. Em 1993, Egídio se chamava Teodoro e foi interpretado por Herson Capri.

Egídio (Vladimir Brichta) se chamava Teodoro e foi interpretado por Herson Capri
Egídio Vladimir Brichta se chamava Teodoro e foi interpretado por Herson Capri

O aclamado ator deu a bênção para Vladimir Brichta viver o vilão no remake. Agora, o asqueroso será ainda mais cruel e sanguinário.

Atualmente, Herson Capri grava a novela Beleza Fatal, na HBO Max. Sua última aparição na Globo aconteceu na trama Órfãos da Terra, em 2019.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade