Felizes para sempre

Juma sofre mudança surreal e vira o braço direito de Jove no final de Pantanal

Veja como será o desfecho dos protagonistas da trama rural

Publicado em 04/10/2022

O que acontece com Juma e Jove no final de Pantanal? O casal terá um final feliz, com destaque para uma mudança surreal na vida da mocinha.

Na versão de 2022, a onça felizmente vai se acertar com a família do noivo. Seu comportamento mudará totalmente, sobretudo na criação da filha.

Juma (Alanis Guillen) e Jove (Jesuíta Barbosa) em Pantanal
Juma Alanis Guillen e Jove Jesuíta Barbosa em Pantanal

Nova mulher

Juma vai aprender a ler e escrever e se tornará uma pessoa culta, mas sem esquecer a sua essência. Ela passará a ajudar na implantação de uma escola chalana no Pantanal.

O projeto de Zé Lucas (Irandhir Santos) se tornará realidade e mudará a vida de muitas crianças da região. Para se ter ideia, Irma (Camila Morgado) será uma das professoras.

Já a mocinha será crucial para batizar a escola. No final da novela, Juma dá o nome ideal para local: Comitiva Esperança.

Juma (Alanis Guillen) em Pantanal
Juma Alanis Guillen em Pantanal

Fazendeiro exemplar

Com a morte de Zé Leôncio (Marcos Palmeira), Jove se torna um dos líderes dos negócios do pai. Ele continua o trabalho de valorização do gado e das terras do poderoso.

Jove busca novas tecnologias e modelos de sustentabilidade para a região. Além disso, vira parceiro de Zuleica (Aline Borges) e Marcelo (Lucas Leto) no ramo agropecuário.

Ele também se acerta de vez com Juma e ajuda a onça a criar a filha. A menina cresce e fica muito parecida com Maria Marruá (Juliana Paes). Assim como a avó e e mãe, ela também se transformará em onça quando se sentir ameaçada.

Juma (Alanis Guillen) e Jove (Jesuíta Barbosa) em Pantanal
Juma Alanis Guillen e Jove Jesuíta Barbosa em Pantanal

Leia mais textos deste colunista.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade