Corpo fechado

José Inocêncio não morre em Renascer: ele arma o plano perfeito e se vinga de Belarmino

Coronelzinho arma falso velório e acaba com seu grande rival

Publicado em 27/01/2024

Pelo menos na primeira fase, José Inocêncio (Humberto Carrão) não morre em Renascer. Após levar um tiro, ele arma o plano perfeito e se vinga de Belarmino (Antonio Calloni).

Despeitado, o coronel mira sua espingarda e acerta o rival pelas costas. Inocêncio cai do cavalo e o vilão acredita que ele passou dessa para melhor.

Entretanto, Deocleciano (Adanilo) encontra o patrão e consegue salvar a sua vida. O protagonista sobrevive e recebe cuidados. Mas, mesmo assim, diz para os empregos espalharem que ele morreu.

Belarmino (Antonio Calloni) em Renascer
Belarmino Antonio Calloni em Renascer

Assim, um falso velório é realizado e Inocêncio se passa por defunto. Prontamente, Belarmino se aproxima do coronelzinho e assume que ele deu o tiro. “Não existe corpo fechado! Existe má pontaria!”, dispara, vangloriando.

Nessa hora, Inocêncio levanta e surpreende o asqueroso. Belarmino leva um susto e é humilhado. Além disso, é obrigado a vender as suas terras para o rival.

Sem rumo e sem terras, Belarmino vai embora atordoado e se vinga matando Firmino (Enrique Diaz). Depois, ele é surpreendido por três tiros no meio da plantação de cacau.

Antes de chegar em casa, Belarmino também morre tragicamente, para o desespero de Nena (Quitéria Kelly). Por enquanto, não fica claro quem acabou com o coronel. Apenas na segunda fase que Inocêncio assume a autoria do crime por legítima defesa.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade