Nova versão

Irmã de Mário Fofoca ganha novo nome, mas o drama é o mesmo na adaptação de Elas por Elas

Conheça Taís, a personagem de Késia, estreante em novelas

Publicado em 16/08/2023

Késia estreia nas novelas como Taís, a irmã do saudoso Mário Fofoca na adaptação de Elas por Elas. A atriz vive a personagem que era chamada Wanda na versão original, eternizada por Sandra Bréa.

O nome mudou, mas o drama é o mesmo: ela se envolve com Átila (Sérgio Guizé) e vê o homem morrer na sua frente, em pleno motel.

Pior que isso, ela não imagina que o “amor de sua vida” é marido de Lara (Deborah Secco), uma amiga de 25 anos atrás que convida ela e mais cinco colegas para uma reencontro.

Taís em Elas por Elas

Na releitura de Elas por Elas, que estreia em setembro na Globo no lugar de Amor Perfeito, Késia será Taís, uma mulher que veio ao mundo para brilhar.

Começou a trabalhar cedo como modelo, conquistando seu lugar no mercado de trabalho. Além disso, também é muito ligada à família e mora com os pais, Raquel (Mariah da Penha) e Evilásio (Cosme dos Santos), e com o irmão, Mário Fofoca (Lázaro Ramos). 

No início da novela, tudo parece perfeito em sua vida: apaixonada e acreditando ter encontrado seu grande amor, Taís está em uma ótima fase quando reencontra seu grupo de amigas de adolescência.

Késia Estácio - Elas por Elas
Késia Estácio – Elas por Elas

Mas é justamente essa reunião com as antigas amizades que faz seu castelo ruir: ela descobre que aquele que acreditava ser o homem de sua vida, que se apresentou a ela como Herbert e dizia trabalhar como coach, é na verdade Átila marido de Lara.

Processando a dor de ter sido enganada, Taís se vê, então, num grande dilema: contar a verdade à amiga ou conviver com esse segredo? Mas, antes que isso aconteça, Átila morre e aumenta ainda mais o drama da modelo, ainda mais ao saber que Mário, seu irmão, vai investigar o caso e tentar descobrir quem era a mulher que estava com o advogado no momento de sua morte.

Releitura da versão clássica de 1982, Elas por Elas é escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson com direção artística de Amora Mautner. A trama, atualizada para os dias atuais, mantém o olhar principal e tão característico da obra criada originalmente por Cassiano Gabus Mendes.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade