Mistério

Diabo na garrafa e pacto macabro ajudam José Inocêncio a ficar riquíssimo em Renascer

Coronel fez acordo com o demo, por isso prosperou e tem o corpo fechado

Publicado em 24/01/2024

Renascer é a novela que aborda a lenda do diabinho na garrafa. Segundo a história, um pacto com o demo ajuda José Inocêncio (Humberto Carrão/Marcos Palmeira) a ficar riquíssimo.

Logo nas primeiras cenas, o protagonista deixa claro que anda com uma figura macabra presa em uma garrafa de vidro. Ele guarda o artefato como um verdadeiro amuleto da sorte.

Após se casar com Maria Santa (Duda Santos), Inocêncio conta a história para a esposa e a deixa assustada. Mas nunca fica claro se é verdade ou apenas um “causo” do coronel.

Fato é que todos acreditam que o protagonista tem pacto com o diabo e o “corpo fechado”, por isso ele não morre, mesmo sendo vítima de várias tocaias.

José Inocêncio (Humberto Carrão) em Renascer
José Inocêncio Humberto Carrão em Renascer

Além disso, a lenda diz que durante a noite, o demo sai da garrafa e se transforma em um bode de olhos vermelhos. Inocêncio monta no bode e eles saem voando pelas plantações de cacau. O animal mija nas árvores e deixa os cacaueiros floridos, por isso o coronel consegue uma colheita grande e de qualidade.

Não é à toa que Belarmino (Antonio Calloni) fica com inveja do coronel ao vê-lo prosperar rápido demais. A história é tão convincente que Inocêncio até ensina a receita do diabo na garrafa para Tião (Irandhir Santos), que acredita em tudo e segue à risca as orientações.

Em Renascer, os filhos de José Inocêncio não acreditam na história. Eles dizem que o pai comprou a garrafa em uma feira de artesanato de Salvador.

Fato é que a garrafa é quebrada por Joana (Alice Carvalho) no decorrer da trama, e o diabo asqueroso é devorado por galinhas. Nessa hora, Inocêncio sente uma dor no peito e quase desmaia.

Vale destacar que a lenda do Cramulhão foi retratada em outras novelas de Benedito Ruy Barbosa, como em Pantanal e nas duas versões de Paraíso.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade