Pacto

Cramulhão na garrafa é motivo da primeira briga entre José Inocêncio e Maria Santa em Renascer

Santinha fica aterrorizada ao saber que o marido é amigo do capeta

Publicado em 30/01/2024

Nem bem se casam, José Inocêncio (Humberto Carrão) e Maria Santa (Duda Santos) brigam pela primeira vez em Renascer. Tudo por culpa do cramulhão na garrafa.

Assim como na versão de 1993, o remake vai explorar o suposto pacto que o protagonista fez com o diabo. Por isso, ele guarda uma figura macabra em uma garrafa de vidro e a usa como amuleto.

Ao se mudar para a fazenda, Santinha vê o adereço e fica aterrorizada. Sem noção, o coronelzinho afirma que o capeta “é o seu anjo da guarda”.

A filha de Venâncio (Fábio Lago) fica uma fera e não aceita ter algo tão macabro em casa. Inocêncio, porém, não quer se livrar do seu “amigo”.

Maria Santa (Duda Santos) em Renascer
Maria Santa Duda Santos em Renascer

Por isso, Santinha tem uma ideia para neutralizar o demônio. Ela conversa com o Padre Santo (Chico Diaz) e pede que o religioso providencie uma grande imagem de Nossa Senhora Aparecida.

Assim, a santa chega na fazenda e logo é instalada na sala, em um grande altar. Devota fervorosa, Maria Santa acende uma vela para sua protetora todos os dias.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade