Final trágico

Além de Maria Santa, outro personagem querido morre na primeira fase de Renascer

José Inocêncio sofre mais uma dura perda e chora muito

Publicado em 28/01/2024

Não é apenas Maria Santa (Duda Santos) que morre na primeira fase de Renascer. Personagem querido, Jupará (Evaldo Macarrão) também tem um destino trágico.

Após chorar a morte do amor de sua vida, José Inocêncio (Humberto Carrão/Marcos Palmeira) sofre muito ao ver o amigo falecido.

Na versão original, em 1993, a morte de Jupará não foi exibida, apenas comentada por Deocleciano (Adanilo/Jackson Antunes) e pelo filho dele.

Após se casar com Flor (Julia Lemos), o plantador de cacau teve vários filhos com ela. Mas ele sofre de uma doença conhecida popularmente como “nó nas tripas”.

Jupará Evaldo Macarrão em Renascer
Jupará Evaldo Macarrão em Renascer

José Augusto (Renan Monteiro), filho de Inocêncio que se forma médico, tenta ajudar o homem, mas não consegue salvá-lo. Sendo assim, Jupará morre em estado grave.

No remake, o único membro da família de Jupará que aparece na novela é Zinha (Samantha Jones). Em 1993, era um homem, Zinho, interpretado por Cosme dos Santos.

Em ambas versões, eles culpam José Augusto pela morte do pai. Já Flor, após a tragédia, pega seus outros filhos e vai embora da fazenda, sumindo no mundo.

Segundo Deocleciano, Inocêncio também ficou muito abalado com a tragédia. “Quando Jupará morreu de nó nas tripas, eu vi o coronelzinho chorar. Um choro verdadeiro, sentido. Nós dois ficamos abraçados juntos chorando. Choramos muito”, revela no final da novela.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade