REMAKE

Tristeza: Após estupro de Alcides e morte de Tenório, tragédia marca o final de Pantanal

Novela das nove da Globo termina dia 7 de outubro, com reprise no dia 8

Publicado em 28/09/2022

O estupro de Alcides (Juliano Cazarré) foi uma das atrocidades que Bruno Luperi escolheu incluir no remake de Pantanal.

Agora, o público acompanhará a morte de Tenório (Murilo Benício), que é atingido por uma zagaia arremessada por Alcides e logo após puxado para o rio por uma sucuri.

No último capítulo de Pantanal, porém, acontecerá mais uma tragédia, desta vez com o protagonista da novela.

Leia mais: Mentiu a vida toda! José Leôncio revela segredo grotesco sobre Tadeu em Pantanal

Tenório (Murilo Benício) e Alcides (Juliano Cazarré)
Alcides prepara a zagaia para acabar com Tenório

Mais tragédia em Pantanal

No último episódio acontece o casamento de Filó, vivida pela atriz Dira Paes, e José Leôncio, interpretado por Marcos Palmeira.

Sim, eles vão finalmente oficializar o relacionamento após viverem anos somente como amantes e companheiros às escondidas – mesmo todos à volta saberem que eles se amam.

Todos vão estar na cerimônia e festa, que acontecerá na própria fazenda. Lembrando que Jove já terá casado com Juma; José Lucas estará com Irma; Guta estará com Marcelo; Tibério com a Muda; e Mariana estará morando no pantanal.

José Leôncio (Marcos Palmeira) e Filó (Dira Paes) em Pantanal
Filó (Dira Paes) e José Leôncio (Marcos Palmeira) em Pantanal

Morte de José Leôncio

O casamento de Filó e Zé Leôncio acontece sem maiores problemas e o casal tem uma noite romântica juntos.

Contudo, José acorda com uma sensação estranha quando o dia ainda nem amanheceu. “Que está me acontecendo?”, se pergunta o fazendeiro descendo as escadas com a mão no peito.

Ele segue sentindo dores e até pensa em ir para o hospital em São Paulo com a ajuda de Joventino (Jesuíta Barbosa).

Preocupado com a própria saúde, José Leôncio começa a conversar com o pai já falecido. “O que lhe aconteceu aquele dia que lhe tirou a vida, meu pai?”, indaga ele.

Um marruá? Uma boca de sapo? Não foi nada disso… Cê tá vivo, pai… Por que você não aparece, pai?“, questiona o marido de Filó, vendo em seguida a imagem de Joventino pai em um quadro. É quando ele sofre um infarto fulminante e morre.

Leia mais: Juminha! Atriz famosa fez filha de Juma na primeira versão de Pantanal

José Leôncio (Marcos Palmeira), Velho do Rio (Osmar Prado) e Filó (Dira Paes) em Pantanal
José Leôncio (Marcos Palmeira), Velho do Rio (Osmar Prado) e Filó (Dira Paes) em Pantanal

Encontro com o Velho do Rio

Nas cenas seguintes a sua morte, José Leôncio aparece ao lado do Velho do Rio, quem seu pai se tornou após desaparecer. O encontro é emocionante.

O Velho se assume como Joventino e deixa o filho surpreso. Ele chora de emoção e nem perceber que já partiu desta para uma melhor. Na versão de 1990, eles seguem o caminho juntos, lado a lado.

No remake, o Velho do Rio morrerá e dará lugar a Zé Leôncio, que assumirá seu posto. No final, o recém-falecido aparece de mãos dadas com a filha de Juma e o filho de Irma.

Filó acorda e encontra o marido já morto na poltrona. “Zé… Zé…?“, chama Filó, olhando fixamente para o marido recostado na poltrona. Ela põe a mão em seu rosto e percebe que está gelado.

Desesperada, Filó começa a chorar e a repetir. “Zé, não faz isso comigo!”, exclama.

Velho do Rio (Osmar Prado) e José Leôncio (Marcos Palmeira) em Pantanal
Velho do Rio (Osmar Prado) e José Leôncio (Marcos Palmeira) em Pantanal

Confira também: Saiba detalhes do velório de José Leôncio em Pantanal

Leia outros textos desta colunista.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade