romance

Na Renascer de 1993, Jackson Antunes interpretou homem que virou Ritinha de cabeça para baixo

O ator esteve na primeira versão e também está no remake da Globo

Publicado em 03/02/2024

Na Renascer de 1993, Jackson Antunes interpretou homem que virou Ritinha de cabeça para baixo.

O veterano de 63 anos também está presente no remake da Globo interpretando Deocleciano na segunda fase, que começa oficialmente na segunda-feira (5).

Vale ressaltar que a partir deste sábado (3), Deocleciano, ainda vivido pelo Adanilo, será considerado padrinho de João Pedro, o quarto filho de José Inocêncio (Humberto Carrão). O menino, ao ser rejeitado pelo pai, se torna um protegido de Deocleciano e Morena (Uiliana Lima).

Morena na primeira fase e na segunda fase (Uiliana Lima e Ana Cecilia Costa), João Pedro (Juan Paiva) e Deocleciano (Jackson Antunes) em Renascer
Morena na primeira fase e na segunda fase Uiliana Lima e Ana Cecilia Costa João Pedro Juan Paiva e Deocleciano Jackson Antunes em Renascer

Na antiga e oficial versão, exibida há 31 anos, Jackson Antunes viveu outros personagem de destaque, que agora será interpretado pelo ator e cantor Xamã: o jagunço Damião.

Na história criada por Benedito Ruy Barbosa, Damião é um jagunço contratado para matar José Inocêncio na segunda fase. Porém, no decorrer da trama, ele acaba desistindo do crime e vira funcionário do fazendeiro.

Damião (Xamã) esteve na pele de Jackson Antunes
Damião Xamã esteve na pele de Jackson Antunes

Ao mesmo tempo, vai se apaixonando por Ritinha (Isabel Fillardis em 1993 e Mell Muzzilo em 2024), a única filha de Inácia (Edvana Carvalho) e Chico (Mac Suara). O Damião do remake também vai se envolver com a moça, que logo será galanteada por José Bento (Marcello Melo Jr.), um dos filhos de Inocêncio.

Ritinha (Isabel Fillardis) e Damião (Jackson Antunes) em Renascer de 1993
Ritinha Isabel Fillardis e Damião Jackson Antunes em Renascer de 1993

Assuntos relacionados:

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade