SAUDOSA

Morreu de que? Tragédia com Leila Lopes, de O Rei do Gado, chocou o Brasil

Relembre o motivo do falecimento da atriz em 2009

Publicado em 17/02/2023

Quem acompanha a reprise de O Rei do Gado atualmente vê diversos atores célebres e alguns deles que já não estão mais entre nós. Leila Lopes, por exemplo, a Suzane da novela, morreu em 2009.

Veja também:

    Um ícone de beleza nos anos 1990, Leila Lopes estreou como atriz na minissérie O Guarani, na TV Manchete, em 1991. Um ano depois, encantou o autor Walther Negrão e acabou escalada para a novela Despedida de Solteiro.

    Leila Lopes atuou em O Rei do Gado e precisou entrar para a indústria pornô
    Leila Lopes atuou em O Rei do Gado e precisou entrar para a indústria pornô

    Antes de viver Suzane, par romântico de Ralf (Oscar Magrini) em O Rei do Gado, trama de 1996, a atriz compôs o elenco de Renascer e Tropicaliente. Depois da trama rural, esteve em Malhação, Hilda Furacão, Caça Talentos, Chiquititas e Marcas da Paixão, em 2001, última novela de sua carreira.

    Fora das novelas, Leila Lopes precisou buscar trabalho em produtoras de filmes adultos para sobreviver. Em 2008, começou a atuar em produções da Brasileirinhas. No início, ela negou estar atuando nesses longas, mas depois assumiu.

    Ralf (Oscar Magrini) e Suzane (Leila Lopes) em O Rei do Gado
    Ralf Oscar Magrini e Suzane Leila Lopes em O Rei do Gado

    Como e por que Leila Lopes se matou?

    Aos 50 anos de idade, Leila Lopes foi encontrada morta em seu apartamento no bairro do Morumbi, em São Paulo. Era uma madrugada do dia 3 de dezembro de 2009. Após investigações, confirmou-se que a atriz cometeu suicídio ingerindo veneno para rato.

    Antes de morrer, Leila escreveu uma longa carta de despedida, dando detalhes do que sentia naquela época e agradecendo pessoas próximas. Confira abaixo tudo o que a atriz escreveu, na íntegra.

    Suzane (Leila Lopes) em O Rei do Gado
    Suzane Leila Lopes em O Rei do Gado

    Carta de despedida comovente

    Não chorem, não sofram, eu estou ABSOLUTAMENTE FELIZ!!! Era tudo o que eu queria: ter paz eterna com meu Deus e, se possível, com minha mãe. Eu não me suicidei, eu parti para junto de Deus. Fiquem cientes de que não bebo e não uso drogas, decidi que já fiz tudo que podia fazer nessa vida.

    Tive uma vida linda, conheci o mundo, vivi em cidades maravilhosas, tive uma família digna e conceituada em Esteio, brilhei na minha carreira, ganhei muito dinheiro e ajudei muita gente com ele. Realmente não soube administrá-lo e fui ludibriada [sic] por pessoas de má-fé várias vezes, mas sempre renasci como uma fênix que sou e sempre fiquei bem de novo. Aliás, nunca me importei com o ter.

    Leila Lopes (Reprodução)
    Leila Lopes Reprodução

    Bom, tem muito mais sobre a minha vida, isso é só para verem como não sou covarde não, fui uma guerreira, mas cansei. É preciso coragem para deixar esta vida. Saibam todos que tiverem conhecimento desse documento que não estou desistindo da vida, estou em busca de Deus. Não é por falta de dinheiro, pois com o que tenho posso morar aqui, em Floripa ou no Sul. Mas acontece que não quero mais morar em lugar nenhum. Eu não quero envelhecer e sofrer. Eu vi minha mãe sofrer até a morte e não quero isso para mim.

    Continuação da carta

    Eu quero paz! Estou cansada, cansada de cabeça! Não aguento mais pensar, pagar contas, resolver problemas… Vocês dirão: Todos vivem!!! Mas eu decidi que posso parar com isso, ser feliz, porque sei que Deus me perdoará e me aceitará como uma filha bondosa e generosa que sempre fui.

    Aos meus fãs verdadeiros, aos jornalistas imparciais, ao Walther Negrão e sua esposa Orphilia, à LBV, ao Eduardo Gomes, ao prefeito de Itu, Herculano Neto, e toda a sua equipe, e ao meu amigo Zé, meu muito obrigada. Às emissoras que trabalhei, obrigada. E aos colegas maravilhosos, muita luz! A todos os sites dignos que acompanharam a minha vida, SUCESSO!!!

    Atriz Leila Lopes
    Atriz Leila Lopes

    Ego, Esther Rocha, Thiago, Odair Del Pozzo, Felipe Campos, não se sintam esquecidos. Não posso citar nomes de amigas, pois aí seria um livro, mas Sueli você é a irmã que não tive. Márcia, seja sempre feliz amiga. Magrid, obrigada por tudo! Andréia, do TV Fama, beijo amiga. Tadeu (di Pietro) cadê você??? Desculpe a quem esqueci, a vida foi muito mais maravilhosa do que sofrida para mim.

    Obrigada, Jesus, Nossa Senhora e meu Deus, perdoem-me e recebam-me como a filha honesta e bondosa que sempre procurei ser! Fiquem com Deus, todos!

    Se existe sentimento maior que o amor, desconheço!
    – Leila Lopes

    Em outra matéria, esta colunista relembrou o falecimento do colega de cena da atriz, Luiz Parreiras.

    © 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
    Site parceiro UOL
    Publicidade