Péssimo exemplo

SBT falta com sensibilidade na despedida de Christina Rocha e Casos de Família

Atração dá lugar ao novo Fofocalizando, a partir desta segunda-feira (20/3)

Publicado em 20/03/2023

Para o bem ou para o mal, uma lacuna se abre na programação do SBT a partir desta segunda-feira (20/3), com o fim do Casos de Família. A última edição do programa apresentado por Christina Rocha foi levada ao ar na sexta-feira passada. Agora, quem sontonizar nas tardes da emissora terá duas horas de Fofocalizando como entretenimento.

É certo que a emissora precisava se movimentar quanto à antiga atração, mas como é de praxe, faltou cuidado, respeito e sensibilidade com o público e com a própria apresentadora na despedida do clássico programa de barracos.

Com Christina, entre altos e baixos, o Casos de Família teve duração de quase 14 anos e virou marca na emissora. Mesmo nas ocasiões mais graves, de baixa audiência, nunca passou batido na internet, nem mesmo na concorrência.

De tão inusitado e com temas criativos, acabou virando referência na boca do povo para situações adversas. Gostem ou não, era bastante comentado, não tem quem não conheça ou nunca ouviu falar. Só por isso, não merecia o fim da maneira que foi, sem despedida ou aviso ao público que não está na internet.

No Instagram, Christina Rocha publicou uma mensagem com menção à música “Emoções”, de Roberto Carlos. “Se chorei ou se sorri, o importante é que emoções eu vivi”. Ali, ela agradeceu a equipe, colegas de trabalho e a sua audiência, algo que poderia muito bem ter sido organizado pela emissora.

Embora o “Casos” tenha deixado de ser um produto necessário ou interessante para o SBT, ele é parte da história da TV. Já a apresentadora, sem dúvida, do alto de sua competência e prestígio, certamente terá algum projeto a sua disposição para os próximos tempos. Em tempo, fica registrado mais essa tropeçada da direção.

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade