Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Banho de sangue

Pura emoção! Veja como será a morte de Maria Marruá em Pantanal

Trama de Bruno Luperi entra em sua segunda fase na próxima terça-feira, dia 12 de abril

Publicado em 08/04/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

As cenas que vão ao ar a partir desta sexta-feira, dia 08 de abril, são fundamentais para entender as relações que se estabelecem na segunda fase de Pantanal, que se inicia na próxima terça-feira, dia 12 de abril.

Nesta sexta, José Leôncio (Renato Góes/ Marcos Palmeira) vai ao Rio de Janeiro buscar Jove (Gui Tavares/ Jesuíta Barbosa) e após exigir que Madeleine (Bruna Linzmeyer) lhe entregue a criança, volta atrás e decide que o melhor é que Jove fique ao lado da mãe.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Ele se compromete a cuidar das despesas do filho, e, depois que Madeleine tenta se reconciliar com o marido, Zé Leôncio deixa claro que não quer mais nenhuma relação com ela. O peão volta para o Pantanal sozinho, e desolado. Por lá, Maria (Juliana Paes) é outra pessoa após a morte de Gil (Enrique Diaz). Não aceita ajuda de Quim (Chico Teixeira) e Tião (Fábio Neppo), nem mesmo de Zé Leôncio, que a convida – e à filha – para morar em sua casa. Ela não confia em mais ninguém.

Reencontro

Irma (Malu Rodrigues/ Camila Morgado) vai ao Pantanal contar a José Leôncio que Jove pensa que ele está morto, o que o deixa revoltado. Ela, contudo, pondera que a relação que o fazendeiro tem com Filó (Letícia Salles/ Dira Paes) e Tadeu (Gustavo Corasini/ José Loreto) pode pesar contra ele, fazendo com que a justiça não o deixe nunca mais se aproximar do filho. José Leôncio, então, desiste de ir ao Rio de Janeiro esclarecer essa história e sofre, imaginando que Jove nunca saberá sobre sua existência.

Maria Marruá (Juliana Paes ) e Juma (Allanis Guillen) de Pantanal

Passam-se 20 anos. Lúcio (Erom Cordeiro) e Rute/ Muda (Bella Campos) chegam ao Pantanal na chalana de Eugênio (Almir Sater). O jagunço tenta convencer Rute a desistir da vingança que a moça busca e, em determinado momento, a abandona. Quando ela chega na tapera de Maria e Juma (Alanis Guillen), está sozinha e é surpreendida por Maria, que, com sua arma em punho, pergunta o que ela está fazendo ali. Rute perde a fala diante do pavor que sente, engole seco e continua calada. Quem a salva dessa situação é Juma, que pede calma à mãe. Sem falar nada, Rute passa a ser chamada de Muda e, numa virada surpreendente do destino, recebe abrigo na tapera.

Maria Marruá (Juliana Paes ) e Lúcio (Eron Cordeiro) em Pantanal

Um tempo depois, Maria Marruá está sozinha na beira do rio, distraída, quando escuta alguém atrás dela. É Lúcio, arrependido de ter abandonado Rute, dizendo que seguiu o rastro de sangue deixado por seu marido desde o Sarandí. Maria entende rapidamente que Muda e o jagunço estão juntos. Lúcio prepara a arma pra atirar em Maria, que vira onça e parte para cima dele. O rapaz luta com toda força que tem, até que no meio do embate fere Maria com sua arma. Ao escutar os disparos, Juma corre em busca da mãe, mas a encontra já sem vida. Sua dor é tão grande que até Muda, que está ao seu lado, se comove.

Maria Marruá (Juliana Paes ) e Juma (Allanis Guillen) de Pantanal

‘Pantanal’ é escrita por Bruno Luperi, baseada na novela original escrita por Benedito Ruy Barbosa. A direção artística é de Rogério Gomes, direção de Walter Carvalho, Davi Alves, Beta Richard, Cristiano Marques e Noa Bressane. A produção é de Luciana Monteiro e Andrea Kelly, e a direção de gênero é de José Luiz Villamarim.

Leia outras matérias desse colunista CLICANDO AQUI. 

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....