Exclusivo

Prestes a descobrir que Marcelino é seu filho biológico, Marê faz pacto sinistro para destruir Gilda em Amor Perfeito

Novela de Duca Rachid terá o seu último episódio exibido no dia 22 de setembro

Publicado em 26/07/2023

Após descobrir que Gilda (Mariana Ximenes) adotou Marcelino/Ângelo (Levi Asaf) e que ele está com depressão, Marê (Camila Queiroz) convencerá Orlando (Diogo Almeida) a se casar com a MEGERA para SALVAR A VIDA DO MENINO. A cena em questão irá ao ar em breve em Amor Perfeito.

(Marê encara Orlando com ternura) Eu também não vou abrir mão de você! (O encara) Presta atenção: a Gilda tá careca de saber que você não sente um pingo de afeição por ela. E, mesmo assim, a louca insiste que quer casar com você. Vê bem: uma mulher que se dispõe a casar com um homem que ela sabe que não sente nada por ela, tá pedindo o quê? Tá pedindo um casamento de mentira, tá pedindo pra ser enganada! Então vamos dar o que ela tá pedindo: vamos enganar a cascavel, Orlando! Vamos fazer ela provar do próprio veneno!”, dirá a jovem que PROSSEGUE com o seu raciocínio.

“(…) Casado com a Gilda, de papel passado, você vai se tornar o chefe da família, vai assumir o poder daquela casa! Com direito a mandar e desmandar, a decidir tudo, absolutamente tudo, sobre a vida do Marcelino: horários, rotina, saídas pra ele passar os fins de semana com os padres, tudo! E a Gilda vai ter que se curvar! Não é isso que diz essa nossa lei brasileira medieval? Que o marido é o patriarca da família, o todo poderoso e a mulher deve obediência a ele? Se é isso que a Gilda tá querendo tanto, por que não?”, concluirá Marê abrindo a sepultura da ex-madrasta.

Gilda (Mariana Ximenes) e Marcelino (Levi Asaf) em Amor Perfeito
Gilda (Mariana Ximenes) e Marcelino (Levi Asaf) em Amor Perfeito

Amor Perfeito é criada e escrita por Duca Rachid e Júlio Fischer com direção artística de André Câmara. A obra é escrita com Elísio Lopes Jr, com a colaboração de Dora Castellar, Duba Elia e Mariani Ferreira. A direção é de Alexandre Macedo, Lúcio Tavares, Joana Antonaccio e Larissa Fernandes. A produção é de Isabel Ribeiro e a direção de gênero de José Luiz Villamarim. 

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade