Exclusivo

Presente do Cramulhão: Após fazer amor sem proteção, José Inocêncio vira vilão e se vinga de Mariana em Renascer: “Quenga!”

Novela de Bruno Luperi entra em sua semana decisiva na programação do plim-plim

Publicado em 09/02/2024

Após fazer amor sem proteção com Mariana (Theresa Fonseca), José Inocêncio (Marcos Palmeira) oferecerá dinheiro para a sem-vergonha SUMIR DE SUA VIDA. A cena em questão irá ao ar em BREVE em RENASCER.

“Mariana está ‘largada’ na cama, recostada no peito de José Inocêncio, depois do amor consumado. Ele olha para o teto, igualmente satisfeito, mas com o espírito conturbado. Não podia esperar por aquilo e está cheio de culpa, coitado: ‘Seja como fô, Mariana… me diga de quanto que cê precisa…’”, dirá o endinheirado SENDO INTERROMPIDO PELA VÍBORA.

“(MARIANA SE EXALTA) Num fiz por dinhêro! (…) E nem fiz sozinha… E amor tem preço, José Inocêncio?! (E sai ela própria dali. Mariana passa batida pela sala, vinda do quarto de José Inocêncio na direção dos fundos da casa. Então ela volta, fita a vela que ela própria acendera diante da santa: ‘Cê num vai dexá ele sê feliz nunca?!’. Brava, ela apaga a vela e segue o seu rumo)”, finalizará Mariana prestes a se casar com José Inocêncio.

RETORNO DE MARIA SANTA 

Durante esse meio tempo, Maria Santa (Duda Santos) reaparecerá em FORMA de ESPÍRITO para se despedir de sua ANTIGA casa e LIBERTAR o CRAMULHÃO de José Inocêncio (Marcos Palmeira).

Maria Santa e José Inocêncio em Renascer
Maria Santa e José Inocêncio em Renascer

“Câmera abre na poltrona de José Inocêncio na sala, iluminada pela vela que Inácia acendeu para Nossa Senhora. Maria Santa surge – mais que uma aparição, uma presença – e acarinha a poltrona de José Inocêncio, sentindo o vazio que sua ausência traz, mas não parece se ofender com isso. Está resignada até, entendendo que, apesar de toda a dor, é mais que necessária essa cisão. Então um vento forte e repentino bate lá fora, fazendo portas e janelas se abrirem e a vela apagar. Inácia chega, vinda dos fundos com pressa, arrastada pelo barulho e, quando olha, não vê ninguém por lá: ‘Oxe… jurei que tarra tudo trancado!’”, descreve Bruno Luperi em seu roteiro.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade