Publicidade

Novelas garantem a vice-liderança para a Record TV

Em sua maioria, tramas ficaram à frente do SBT nas duas praças

Nebuzaradã (Ângelo Paes Leme) é coroado o novo rei da Babilônia em O Rico e Lázaro
Publicidade

Na última terça-feira (24), as novelas da Record TV garantiram a vice-liderança em audiência nas capitais fluminense e paulista.

No ar das 20h45 às 21h42, Amor Sem Igual repetiu, em São Paulo, seu recorde de audiência desde a estreia com média de 9 pontos. O pico ficou em 11 pontos, e o share em 11%. A terceira colocada obteve 8,6 pontos de média.

No Rio de Janeiro, a trama foi vice-líder absoluta com a larga vantagem de cinco pontos sobre a concorrente: marcou 11 pontos de média, repetindo, ainda, seu recorde de audiência do ano.

Continua depois da publicidade

O pico também foi de 11 pontos, e o share ficou em 14%. A terceira colocada registrou 6 pontos de média, cinco a menos que a Record TV!

Exibido na faixa das 15h16 às 16h, o capítulo de A Escrava Isaura escrito por Tiago Santiago e com direção-geral de Herval Rossano, marcou, em São Paulo, média de 7 pontos, pico de 10 pontos e share de 12%.

A terceira colocada ficou com 6 pontos na média do período. No Rio de Janeiro, a trama manteve-se isolada na segunda posição com três pontos de vantagem sobre a concorrente: fechou o horário com média de 9 pontos, pico de 10 pontos e share de 14%. Foi a segunda melhor audiência da trama em 2020. A terceira colocada obteve 6 pontos de média no horário.

Exibida na faixa das 16h às 16h47, a novela Caminhos do Coração, escrita por Tiago Santiago com direção-geral de Alexandre Avancini, marcou média de 6,9 pontos. Foi seu maior índice neste ano. O pico fechou em 9 pontos; o share, em 11%. A terceira colocada obteve 6,3 pontos de média.

No ar na faixa das 21h42 às 22h34, O Rico e Lázaro marcou, no Rio de Janeiro, média de 9 pontos, pico de 11 pontos e share de 11%. A terceira colocada obteve 5 pontos de média, quatro a menos que a Record TV.

Em São Paulo, a novela foi vice-líder com 7 pontos de média, 9 pontos de pico e 9% de share.

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade