TV no Mundo | Novelas brasileiras perdem espaço na televisão aberta portuguesa

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Você, que acompanha o TV no Mundo, sabia que o telespectador de Portugal se acostumou a acompanhar novelas feitas pela Globo? A história de amor da pátria mãe pelos nossos melodramas começou lá no final dos anos 70, quando foi exibida a novela Gabriela, Cravo e Canela. A trama foi um sucesso de audiência e crítica. E assim, abriu a porteira para mais e mais produções nacionais dominarem o horário nobre português.

O produto brasileiro, com alto valor agregado para um mercado de menos de 10 milhões de ambientes, acabou por ser algo rentável. Isto, considerando que já era um produto pronto, que nem de dublagem precisou. Mas antes de nos aprofundarmos na questão da telenovela brasileira em Portugal, precisamos entender um pouco da história do mercado televisivo por lá. Até o início dos ano 90, a televisão era dominada pela RTP, que é pública, do povo. O surgimento dos canais privados SIC e TVI acabou por modificar muita coisa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: TV no Mundo | Jair Bolsonaro tem razão em querer privatizar ou extinguir a TV Brasil?

A SIC, por exemplo, teve o apoio da Globo, inclusive com a cessão dos direitos das melhores telenovelas brasileiras. O que a levou a bater de frente com a RTP. O canal conseguiu abocanhar a liderança com uma fórmula muito parecida com a da Globo, que fundamentalmente programa uma novela, um telejornal e outra novela no horário nobre.

TVI optou por caminho diferente

A TVI, que surgiu mais tímida e não tinha as superproduções brasileiras para chamar a atenção do mercado publicitário e do público, teve que galgar seu próprio caminho com três focos principais: noticiário, telenovela e reality show. Com menos de uma década de existência, o canal passou em investir em telenovelas nacionais. Começou ali a produção noveleira mais importante da história da TV no país.

Em um primeiro momento, as novelas portuguesas pecavam em vários aspectos técnicos, especialmente quando comparadas com as brasileiras. Porém, com o passar dos anos, inclusive com a importação de profissionais do Brasil, as produtoras de telenovelas em Portugal passaram a ter mais qualidade, principalmente autoral. Com isso, as primeiras tramas de sucesso que bateram de frente com as brasileiras começaram a ser exibidas em 2001.

Veja também: TV no Mundo | Novelas épicas ganham espaço no Brasil e no mundo; entenda por quê

Programação noturna

As produções compradas da Globo e, ainda, exibidas com exclusividade pela SIC, começaram a perder espaço. Pela primeira vez, desde a exibição de Gabriela, Cravo e Canela, as novelas do Brasil encontraram concorrentes em Portugal. Contudo, as novelas importadas resistiram à perda de interesse porque já haviam conquistado ao longo de décadas um público fiel. Atualmente, as tramas nacionais são as preferidas dos portugueses e isso está evidente na composição da grade das emissoras privadas.

A TVI exibe de duas a três novelas nacionais e inéditas a cada noite. Enquanto a SIC abandonou as produções da Globo e aposta também na ficção nacional, com pelo menos duas novelas. Com isso, há alguns anos, as tramas brasileiras foram realocadas para o fim de tarde, início de noite e para o fim de noite, perdendo o protagonismo no canal, que se mantém parceiro da Globo. Aliás, atualmente, o canal exibe uma reprise de Gabriela, versão de 2012, da Globo, na faixa das seis da tarde. E, por volta de meia-noite, Segundo Sol.

E mais!

Mesmo com influências da Europa e roteiros baseados em originais hispânicos, os produtos lá realizados são muito semelhantes ao processo brasileiro de fazer novelas. É possível afirmar que a tradição noveleira portuguesa iniciada com produções brasileiras influencia consideravelmente o conceito português de telenovelas. Por isso, ao assistir a uma trama portuguesa, é comum perceber uma atmosfera familiar, mas com sotaque português, evidentemente.

Novelas portuguesas no Brasil

A aposta na ficção nacional já rendeu reconhecimento internacional. Portugal é o segundo país com mais indicações ao prêmio Emmy Internacional por melhor telenovela e já faturou duas estatuetas. Com tudo isso, só falta os canais brasileiros, que excessivamente investem em novelas turcas ou mexicanas, perceberem que em Portugal há uma boa indústria. E que conta com um produto bem-acabado e, principalmente, realizado em língua portuguesa.

Por hoje é isso, outro dia a gente volta a falar mais sobre a televisão portuguesa. Até o próximo vídeo, aqui no TV no Mundo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio