Responsável em boa medida pela linguagem das novelas das 19h, Jorge Fernando nos deixou há um ano

Exibida no ano passado, Verão 90 foi a última de mais de 30 novelas comandadas pelo diretor

Publicado há um mês
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator e diretor Jorge Fernando faleceu aos 64 anos de idade no Rio de Janeiro em 27 de outubro de 2019, após sofrer um aneurisma e uma parada cardíaca. Seu último trabalho foi ao ar no ano passado: a novela Verão 90, cartaz das 19h, horário no qual Jorge fez a maioria de seus mais de 30 trabalhos na televisão, todos na TV Globo.

Na segunda metade dos anos 1970, ainda bastante jovem, Jorge Fernando já fazia teatro em locais públicos como escolas e praças. Depois de algum tempo ele levou A História do Zoológico, da obra de Edward Albee, para o Teatro de Bolso Aurimar Rocha.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lá foi visto por André Valli, que o convidou para fazer a peça A Rainha Morta. Em seguida, o ator ingressou na TV Globo. O resto é história. Depois dos trabalhos iniciais como ator, Jorge Fernando firmou-se logo como diretor e se fez presente em alguns dos momentos mais significativos da teledramaturgia brasileira.

A “cara” da faixa das novelas das 19h tem em Jorge Fernando um de seus desenvolvedores. Ao lado de autores como Silvio de Abreu e Cassiano Gabus Mendes, ele conduziu trabalhos icônicos, entre os quais Guerra dos Sexos (1983), Vereda Tropical (1984), Cambalacho (1986), Brega & Chique (1987) e Que Rei Sou Eu? (1989).

As faixas das 18h e das 20h também o tiveram como diretor em passagens de brilho. Só para exemplificar, basta lembrarmos que foi Jorge Fernando o diretor de Rainha da Sucata (1990), A Próxima Vítima (1995), Chocolate com Pimenta (2003) e Alma Gêmea (2005).

Nesta semana, o In Memoriam do Observatório da TV homenageia uma vez mais o ator e diretor que colaborou muito para o estabelecimento do que se entende por linguagem do horário das 19h na dramaturgia da TV Globo, de tantos êxitos que servem de referência para tudo que veio depois. Confira o vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio