Queiroz de A Viagem e Trajano de Por Amor, Ricardo Petraglia tornou-se ativista da maconha

Ator tem quase 50 anos de carreira, e retirou-se voluntariamente das novelas em prol da causa

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Embora seu papel em A Viagem seja pequeno, o ator Ricardo Petraglia marca presença nessa que é uma das atuais atrações do Canal Viva. Produzida em 1994, a novela trouxe o ator na pele de Queiroz, amigo e companheiro de trabalho do advogado Otávio Jordão (Antonio Fagundes).

Ricardo Petraglia estreou em telenovelas aos 31 anos, como o Tintim de A Revolta dos Anjos, escrita pela psicóloga Carmem da Silva para a TV Tupi. Na emissora pioneira ele participou também de Cinderela 77 (1977), como Anjo, ao lado de Ronnie Von, Vanusa, Elisabeth Hartman, entre outros.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na TV Globo, o artista esteve no elenco de diversas produções, como Jogo da Vida (1981/82), História de Amor (1995/96) e Por Amor (1997/98) – aqui ele foi Trajano, marido de Meg (Françoise Forton) e pai de Laura (Vivianne Pasmanter).

Hoje, aos 70 anos, Ricardo Petraglia está voluntariamente aposentado da carreira de ator. Seus últimos trabalhos foram na Record TV, entre os quais Poder Paralelo (2009/10), Pecado Mortal (2013/14) e Os Dez Mandamentos (2015/16).

Nos últimos anos, sua grande atividade tem sido o ativismo em prol da liberação do cultivo da maconha para fins medicinais, depois que ele mesmo fez uso da erva para tratar terríveis dores. O Por Onde Anda? fala mais sobre o ator nesta semana aqui no Observatório da TV. Confira o vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio