“Por trás das maldades de Jezabel há muitas tristezas”, afirma Lidi Lisboa protagonista da trama

Publicado há 2 anos
Por Leandro Lel Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Jezabel, Lidi Lisboa terá um grande desafio. Interpretar uma das personagens mais emblemáticas das escrituras. De personalidade forte, a rainha dos fenícios passa por cima de tudo e todos para conquistar o que deseja. Em um jogo de muito poder, sexo e religiosidade, Lidi acredita que o público certamente irá compreender as razões que levaram a rainha a ser tão má.

“Você pode esperar tudo. Reflitam sobre as suas atitudes, nosso trabalho é esse. A Jezabel sofre muito, ela tem tristezas, ela escolheu ser cruel, amarga. Vale a pena acompanhar. Nunca tive um personagem tão grande, com essa gama”, afirma a atriz ao Observatório da Televisão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aliás, outro destaque da trama é a abertura da macrossérie de pouco mais de oitenta capítulos. Nela, Lidi (Jezabel) dança de forma sensual e envolvente com muitas joias e uma cobra que percorre seu corpo. De fato, a vilã-protagonista é muito vaidosa, excêntrica, emblemática e poderosa. Apesar de estar casada com o rei Acabe (André Bancoff), ela terá um amante.

Por fim, a macrossérie pode ser considera uma das maiores produções da TV, pois conta com mais de dez mil peças de figurinos; 600 espadas de metal, escudos, lanças; 240 estátuas de deuses de mármore; 400 peças em metal, jarras, bandejas; 700 peças em barro (vasos, canecas, lamparinas); mais de mil peças decorativas no geral; 56 cenários e 31 estúdios.

Jezabel estreia terça, 23 de abril, 20h45, na Record TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio