Juca de Oliveira, ator e autor que acredita na força do teatro

Do Teatro de Arena às novelas de sucesso, a trajetória do Samuel de Flor do Caribe, atualmente em reprise

Publicado há 19 dias
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 1935, na cidade paulista de São Roque, nasceu José de Oliveira Santos, que se consagraria como ator, autor e diretor de teatro, além dos trabalhos na TV e no cinema, como Juca de Oliveira. O Vale a Pena desta semana fala sobre a carreira do eterno Albieri de O Clone, de Glória Perez, que chega na segunda-feira (12) ao catálogo do Globoplay.

Além disso, Juca pode ser visto há algumas semanas na “edição especial” de Flor do Caribe, novela de Walther Negrão produzida em 2013 e que a TV Globo resgata agora ante a impossibilidade de exibir histórias inéditas, devido à pandemia do novo coronavírus. Ele vive Samuel, pai da mocinha Ester (Grazi Massafera), traumatizado pelos horrores do nazismo.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Embora tenha chegado a estudar Direito, foi nos palcos que Juca de Oliveira se encontrou de fato, nos anos 1960, especialmente no Teatro de Arena. Na virada para os anos 1970, o ator alcançou o sucesso popular em novelas da TV Tupi, como Nino, o Italianinho e, depois, na TV Globo, com Fogo Sobre Terra, Saramandaia e Pecado Rasgado.

Dedicando-se sempre ao teatro o mais possível, convencido de sua força e riqueza, Juca de Oliveira atuou relativamente menos na TV do que vários de seus contemporâneos. No entanto, ainda assim sua trajetória no vídeo tem momentos muito significativos, entre os quais Fera Ferida, As Pupilas do Senhor Reitor, Os Ossos do Barão e Avenida Brasil. Confira o vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais