Final de A Fazenda – Nova Chance é marcada por vaias a Marcos Härter e indiferença à vitória de Flávia Viana

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A nova edição de A Fazenda, intitulada Nova Chance teve o seu bastidor da final bem agitado. Esta foi uma edição exclusiva que, como todos sabem contou com ex-participantes de outros realities como MasterChef, Big Brother Brasil, Power Couple, O Aprendiz, A Casa, e da própria A Fazenda, em um outro momento a emissora também chegou a realizar uma edição fora do contexto mais tradicional apresentado durante os quase nove anos de sua existência, no caso, A Fazenda de Verão, apresentado por Rodrigo Faro.

A Nova Chance foi dada aos 16 participantes e, antes mesmo de sua estreia as expectativas eram as maiores possíveis, e a edição chegou a ser considerada histórica, se tratando do resgate de personagens memoráveis dos principais reality shows da televisão brasileira, porém, quando divulgados os participantes a frustração foi inegável. Houve quem gostasse, mas, a maioria das celebridades ali presentes não agradaram da forma esperada, alguns sequer tinham qualquer tipo de apelo popular e nem eram uma memória fresca na cabeça dos telespectadores, porém, como bom diretor que é, Rodrigo Carelli conseguiu transformar a Nova Chance num bom show.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O final desta Fazenda traz um saldo positivo, levando em conta os anos que o programa está no ar e as tantas polêmicas e mistérios envolvendo seus resultados a cada final de temporada. Desta vez o público gostou e aprovou a vitória de Flávia Viana, que derrotou Marcos Härter, um dos participantes mais polêmicos que surgiu nos últimos tempos em programas do segmento, com 56,37% dos votos e embolsou a quantia de R$ 1,5 milhão. Flávia também teve uma passagem positiva no Big Brother Brasil 7, sempre muito querida, durante os seus 87 dias de confinamento teve apoio de muita gente da classe artística e cativou os telespectadores com sua alegria e espontaneidade, talvez, uma das mais carismáticas participantes de todas as edições, “Estou muito feliz. Vocês me fizeram a mulher mais feliz do mundo” comemorou a atriz e modelo, que aliás, também pode ser vista na reprise de Chiquititas, pelo SBT.

Leia também: Nova supersérie, Onde Nascem os Fortes começa a ser gravada na Paraíba

O Observatório da Televisão esteve presente na cobertura da grande final e o que se percebeu foi: a nona edição da Fazenda em Itapecerica da Serra não deixa nada a desejar a anterior quando se fala em estrutura, embora esteja bem compacta e cenográfica. O erro de a Nova Chance foi a parte técnica –vergonhosa- e a edição, deixadas nas mãos da produtora Cygnus. A fim de baratear seus gastos, a essência do programa, e a magia que a propriedade de Itu proporcionava aos olhos do telespectador foi perdida, a sede menor deu a impressão de sítio, chamando a atenção dos próprios participantes, principalmente de Ana Paula Minerato que não escondeu uma certa frustração ao tirar a venda dos olhos em sua chegada a nova sede, ela que foi vice campeã da oitava edição do programa antes da emissora quase decretar o seu fim, desta vez, Minerato foi a 8ª eliminada, mas deixou a sua marca, “Valeu muito a pena ter voltado, vou sentir mais falta dos animais”. Para Rita Cadillac esta edição foi bem mais tranquila que a sua anterior, “O mais difícil mesmo foi não ter notícia nenhuma, e a convivência com pessoas tão diferentes”, já o apresentador Roberto Justus realmente não ligou para as duras críticas que recebeu. Ele foi bombardeado nas redes sociais e pelos especialistas de televisão, mas respondeu tranquilamente quando perguntado sobre o assunto, “Mais à vontade que eu estive lá no ao vivo não dá para ficar, mas esse é o meu natural. Mas, à vezes, não é o que o outro está enxergando, não ligo para essas bobagens”.

O show da grande final continuou mesmo com uma forte chuva, que não impediu comemoração nenhuma, os participantes concederam entrevistas na área externa da casa, que ficou fechada para a entrada da imprensa, Adriana Bombom que, muito provavelmente deverá retornar ao seu posto de repórter no TV Fama, em algum momento entrou na casa e não saiu mais. Conrado, Nahim, Dinei, e Fábio Arruda foram completamente indiferentes com a vitória da Flávia. Aritana, Nicole Bahls, Monique Amin, e Monick Camargo, esbanjaram carisma e aprovaram o resultado final.

Esta final chegou a 12 pontos de média, picos de 14 pontos e share de 19%, o reality rural chegou a liderar por 17 minutos, e no Rio de Janeiro bateu seu recorde com 9 pontos de média e 11 de pico. Diferente de outras temporadas, desta vez não foi anunciada uma próxima edição, porém, tudo leva a crer, até pelo novo investimento em Itapecerica, que haverá sim A Fazenda 10, resta aguardar.

Não podemos encerrar este texto sem falar de Marcos, visivelmente atordoado mas à vontade com a imprensa e com as câmeras, foi recebendo as notícias externas aos poucos através dos jornalistas, após ser muito vaiado pela torcida da Flávia Vianna nos intervalos comerciais, e um pouco assustado com a repercussão de sua trajetória dentro da casa, o cirurgião falou de todos os assuntos possíveis, e afirmou ter se sentido humilhado ao ser cuspido por Monick Camargo, “Nunca ninguém havia cuspido no meu rosto, mas eu a perdoei.” E sobre preferência por Justus ou Tiago Leifert, ele foi enfático e não pensou duas vezes ao dizer “ Justus, é claro” (risos).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio