Eles escreveram muito ou pouco? Mais sobre a obra dos nossos autores de novelas

Por incrível que pareça, nomes como Silvio de Abreu e Walcyr Carrasco não estão entre os campeões de trabalhos

Publicado há um mês
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na semana passada aqui no Observatório da TV, as Curiosidades da TV falaram sobre os autores de novelas campeões em número de trabalhos. Os quatro que mais trabalhos assinaram desde 1963, com o advento da teledramaturgia diária, você pode ver no vídeo abaixo:

Entre autores ainda em atividade, existem muitos que escreveram muito, sem dúvida, mas ao mesmo tempo talvez tenham escrito menos novelas do que a forte presença de suas obras no imaginário popular pode nos fazer pensar.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gilberto Braga escreveu quase 20 novelas em cerca de 40 anos. Silvio de Abreu assinou 17 trabalhos em 35 anos, e Walcyr Carrasco atingiu a mesma marca em 30. Na outra ponta, Jorge Andrade e Bráulio Pedroso, indiscutivelmente dramaturgos muito importantes, escreveram cada um “somente” oito novelas em mais ou menos 10 anos.

Isso sem falar nos grandes veteranos dos tempos da TV ao vivo que também atuaram bastante na teledramaturgia diária, como Walter George Durst e Geraldo Vietri, de cuja obra falaremos com mais vagar em outra oportunidade. Cada um deles escreveu mais de 10 novelas diárias, fora outros formatos variados. Confira o vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio