Discussão sobre a honestidade em tom de comédia, Cambalacho completa 35 anos

Sucesso às 19h em 1986, por pouco a novela de Silvio de Abreu não foi cartaz da faixa das 20h

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No início de 1986, a TV Globo por pouco não lançou Silvio de Abreu e suas comédias na faixa das 20h, para dar prosseguimento ao sucesso de Roque Santeiro, de Dias Gomes com Aguinaldo Silva. Mas Cambalacho, sétimo trabalho do novelista na casa, acabou ficando no horário já habitual de Silvio, o das 19h. A estreia ocorreu em 10 de março.

O Brasil daqueles dias passava por escândalos e dificuldades, como o de hoje, e a história tratava da honestidade num país em que até o alto escalão abre mão de ser exemplo para o povo, ao envolver-se em maracutaias de toda espécie. Leonarda Furtado (Fernanda Montenegro) e Jerônimo Machado (Gianfrancesco Guarnieri) eram os protagonistas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Figuras boas e de bom coração, Naná e Jejê viviam de aplicar pequenos golpes, os ‘cambalachos’, em populares de boa-fé. Naná mantinha uma filha estudando na Europa com o dinheiro dos trambiques e, para expurgar sua consciência, criava várias crianças que encontrava na rua ou eram deixadas em sua porta. O termo ‘cambalacho’ se popularizou com a novela.

A vilã Andreia (Natália do Valle) é uma pedra no sapato de Naná, disputando com ela o domínio da vultosa herança do pai biológico da ‘cambalacheira’, seu marido Antero Souza e Silva (Mário Lago). Andreia desejava ainda o amor do advogado Rogério Guerreiro (Cláudio Marzo), marido de sua irmã Amanda (Susana Vieira).

Outros personagens bastante lembrados de Cambalacho são o casal formado por Thiago (Edson Celulari) e Ana (Débora Bloch), um bailarino clássico e uma mecânica de automóveis, invertendo os papéis de gênero tradicionais, e as tresloucadas Lili Bolero (Consuelo Leandro) e Tina Pepper (Regina Casé), mãe e filha que sonham com o sucesso na música.

Ainda no elenco, Flávio Galvão, Paulo César Grande, Maurício Mattar, Emiliano Queiroz, Rosamaria Murtinho, Roberto Bomfim, Jacqueline Laurence, Fábio Sabag, Oswaldo Loureiro e Luiz Fernando Guimarães, entre outros.

O TBT da TV do Observatório da TV relembra nesta semana a divertida novela que marcou o ano de 1986 e falou de honestidade em nosso País, mas valendo-se da comédia. Confira o vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio