Ana Paula Padrão adianta detalhes de Superpoderosas, novo programa da Band

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A carreira de Ana Paula Padrão é acompanhada pelo grande público desde os anos 80 quando a jornalista ingressou na TV. O auge veio como correspondente da TV Globo em Londres e Nova York, e, logo em seguida, como âncora do Jornal da Globo entre 2000 e 2005.

Ana Paula deixou para trás a estabilidade do Grupo Globo, migrou para o SBT em 2006, reformulou o departamento de jornalismo da emissora de Silvio Santos. Em 2009, Ana passou a ser o principal nome da Record TV, onde assumiu o Jornal da Record e coberturas especiais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas a grande virada aconteceu na Band em 2014 quando se tornou apresentadora do Masterchef, programa totalmente voltado para o entretenimento. Sucesso de público e crítica, a nova fase na carreira da jornalista é marcada pelo sucesso comercial da atração.

Desde meados de 2017 é editora-chefe da principal revista feminina do Brasil, a Claudia. Estudiosa do assunto, Ana Paula já percorreu o mundo produzindo reportagens especiais sobre a vida de muitas mulheres e agora se prepara para o lançamento de uma nova atração da Band, o Superpoderosas.

O programa será apresentado pela jornalista e sócia de Ana, Natalia Leite, que desenvolveu o formato para a TV após produzir e analisar conteúdos direcionados às mulheres com foco em comportamento e negócios na plataforma Escola de Você. Natalia já foi repórter da Record.

Em entrevista ao Observatório da Televisão, Ana Paula falou de momentos importantes de sua carreira, analisou as mudanças no universo feminino que engloba o mercado de trabalho e as relações pessoais, adiantou as novidades do Superpoderosas, que estreia dia 02/04, 9h50, do Conexão New York Times, do Band News TV, e, é claro, do reality de culinária mais bem sucedido da TV, o MasterChef.

Durante a entrevista, relembramos a participação de Gleice Simão na atração em 2016. A chefe de cozinha enfrentou problemas sociais para concorrer a uma vaga e também para se manter no programa: “Gleice é uma querida. Te desejo toda a sorte do mundo. É uma menina muito muito especial. Venceu um monte de barreiras para estar no MasterChef. Se saiu superbem. Está fazendo uma carreira na cozinha, o que é lindo e o que a gente deseja pra todo mundo”, afirmou Ana.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio