“A gente preza muito o lado humano do participante”, afirma Rodrigo Carelli, diretor do Top Chef

Publicado há 2 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Top Chef, o novo reality da Record TV tem data marcada para estrear: quarta-feira (03). A competição culinária já foi produzida em diversos países, e inclusive foi ganhadora de prêmios, como o Emmy. O Observatório da Televisão bateu um papo com Rodrigo Carelli, diretor de realities da Record TV. O profissional falou sobre o gosto do público brasileiro pelo formato.

“Eu acho que o reality show virou uma referência para o
público de televisão no Brasil. O público de televisão no Brasil gosta de se
ver na tela. Quando você vê a história de pessoas reais dentro de uma
competição, o público se identifica demais. Acho que a gente soube captar esse
nicho que se abriu na TV brasileira. A gente percebe também a variedade de
assuntos que podem ser tratados no reality show”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Segundo Carelli, a forma encontrada pela Record para estabelecer um diferencial é valorizar a história de cada participante, independente da atração.  “Uma coisa que temos buscado mais é privilegiar e aproveitar o storytelling. Contar a história de quem está participando. Sendo um programa de gastronomia, de música, ou de confinamento. Queremos que o público conheça aquela pessoa, não só o chef, o profissional, o cantor[…]A gente preza muito o lado humano do participante”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais