Nova atração do Canal Viva, Brega & Chique é o tema do TBT da TV desta semana

Glória Menezes e Marília Pêra lideram elenco de comédia

Publicidade

No final de 2019, o Canal Viva divulgou que a sucessora de Selva de Pedra (1986) no horário das 14h30 a partir de 19 de fevereiro seria Ti-ti-ti (1985/86). No entanto, nos primeiros dias de 2020 surgiu a notícia de que outra novela do mesmo autor, Cassiano Gabus Mendes, seria resgatada no lugar, ante o adiamento de Ti-ti-ti: Brega & Chique (1987). Cartaz do horário das 19h da TV Globo em 1987, a novela foi um grande sucesso, que marcou a primeira parceria do autor com o diretor Jorge Fernando. O #TBTDaTV desta semana relembra a história, que será reprisada pela primeira vez em 30 anos.

A história central de Brega & Chique

Herbert Alvaray (Jorge Dória) é um empresário que já viveu dias melhores no que diz respeito às finanças. Mas mantém as aparências e faz com que todos pensem que sua situação é a melhor possível. Sua esposa Rafaela (Marília Pêra) não faz a menor ideia de que a família está à beira da falência. Apenas o amigo e advogado Montenegro (Marco Nanini), apaixonado por Rafaela, está ciente da real situação econômica de Herbert e dos Alvaray. O empresário maquina um plano para escapar à Justiça brasileira: forja a própria morte e vai para a Europa, onde se exila voluntariamente e se submete a intervenções cirúrgicas para mudar de rosto.

Antes de “morrer”, Herbert visita Rosemere da Silva (Glória Menezes), com quem mantém uma vida paralela há anos e tem uma filha, a pequena Márcia (Fabiane Rocha). Rosemere tem dois filhos mais velhos, Vânia (Paula Lavigne) e Amauri (Kaká Barrete), e conhece Herbert pelo nome de Mário Francis. “Mário” diz a ela para buscar no cofre de um banco um envelope que ele deixara lá, em nome dela, caso ele demore mais do que o habitual para visitá-la. Enquanto Rafaela e seus filhos perdem tudo e são obrigados a se mudar para a periferia. E a família Alvaray vai morar na mesma vizinhança que Rosemere, que no envelope encontra vários dólares que lhe darão segurança por muito tempo e permitem que ela suba na escala social.

Herbert volta com uma nova cara e se envolve de novo com suas mulheres

Herbert sempre apelidou suas mulheres de “Alfas”: Alfa 1 era Rafaela, ao passo que Rosemere era Alfa 2. Havia também uma Alfa 3, Zilda (Nívea Maria), amiga da esposa oficial. Mas isso só é revelado no decorrer da história. Ao voltar para o Brasil, depois que suas famílias já se entrelaçaram sem saber da ligação do patriarca com as duas mães, o empresário se apresenta como Cláudio Serra (agora Raul Cortez). A tal operação de mudança de rosto dá certo, e Herbert ressurge remoçado e com feições totalmente diferentes.

Ademais, já que elas se acreditam viúvas, a vida amorosa de Rosemere e Rafaela segue em frente. O marceneiro Baltazar (Dennis Carvalho) é apaixonado pela mãe de Márcia, e tenta conquistá-la de todas as formas. Outro concorrente na corrida pelo coração de Rosemere é Amadeu (Hélio Souto), de quem ela ganha diversos presentes. Já Rafaela investe pesado em Montenegro, já que o modo como ele a admira não passa em branco.

Outros personagens de destaque em Brega & Chique

Os acontecimentos que envolvem Herbert Alvaray são alvo da investigação do atrapalhado Belotti (José Augusto Branco). Thamyres (Cristina Mullins) é a filha mais velha de Rafaela e Herbert, casada com Maurício (Tato Gabus Mendes). Este vive como gato e rato com Francine (Célia Biar), a afetada mãe de sua sogra. Ana Cláudia (Patrícia Pillar) é a filha do meio, cujo casamento com João Antônio (Jayme Periard) não se realiza; ele a deixa esperando no altar porque ama Silvana (Cássia Kiss). Esse amor o faz perder a coragem de se unir a Ana Cláudia, que encontra justamente em Luís Paulo (Marcos Paulo), irmão de Silvana, a chance de realmente ser feliz, apesar das muitas diferenças entre eles. Teddy (Tarcísio Filho) é o caçula dos Alvaray, um boa-vida, avesso ao trabalho. Ele se envolve com Vânia e também com Rosinha (Suzy Camacho).

Lourival (Fábio Sabag) é o pai de Rosemere, que tem o hábito de colocar cartas para os amigos e vizinhos. Justino (Percy Aires) e Lucy (Neuza Amaral) são os pais de Luís Paulo e Silvana. Ele é um senhor aposentado, querido de todos, que se distrai no bar de Bianca (Bárbara Fazio). Ela, típica dona de casa de meia-idade, que toma de vez em quando algumas doses escondida da família. Bruno (Cássio Gabus Mendes) é sobrinho de Baltazar. Pouco letrado, o jovem comete várias gafes e passa a ter aulas com Mercedes (Patrícia Travassos), por quem se apaixona.

Publicidade