Rodrigo Faro revela impacto com roteiro de filme sobre Silvio Santos: “Ainda preciso falar com ele”

Publicidade

O apresentador Rodrigo Faro interpretará Silvio Santos em sua cinebiografia. Desde que foi definido, Faro segue fazendo estudos bem aprofundados sobre a vida do patrão. O filme terá como ponto de partida o sequestro de Patrícia Abravanel.

Rodrigo Faro compareceu no jantar solidário do Grupo Record junto ao Instituto Ressoar que visa ajudar as crianças do projeto da Fazenda Nova Canaã, no Nordeste. Em entrevista para a imprensa, Rodrigo revelou detalhes de como vem sendo a construção deste trabalho. Confira:

Veja também: Sthefany Brito fala sobre novo projeto na RecordTV e revela vontade de apresentar: “Mostrar uma outra face”

Continua depois da publicidade

“Vai ser rodado em Janeiro. Tem muita coisa ainda. Na verdade estou começando a preparação ainda. É um filme bastante forte, pontuado pelo sequestro da Patrícia. E depois o momento em que ele fica por 8 horas -uma madrugada inteira- ao lado do sequestrador. E com isso a história começa a ser contada”, revela o contratado da RecordTV.

“Eu preciso conversar com ele, é uma homenagem em vida”

Faro ainda afirma que a abordagem deste assunto terá destaque em grande parte do filme. “Eu costumo dizer a gente vai ver o maior show, o maior programa que o Silvio fez que foi convencer o sequestrador a se entregar. O Silvio manda embora até a polícia e chama o governador. essa homenagem que agente vai fazer pra esse cara, é isso, é mostrar a vida do Silvio, mas também como ele, com sua lábia, com sua inteligência, com o seu poder de persuasão consegue fazer o maior show da vida dele e convencer uma pessoa a se entregar e ninguém sair ferido, ninguém morre.”

Quando o assunto são os estudos sobre a vida do dono do SBT, Rodrigo se diz grato com a oportunidade e que o roteiro tem lhe tirado lágrimas. “Me emocionei várias vezes, e vocês podem esperar um filmaço. Difícil um workshop, mas a gente tem um workshop da vida inteira dele, né? … mas eu quero ver se até o final do ano e, nem que eu tenha que fazer ponto na porta do Jassa (cabeleireiro do Silvio Santos). Eu preciso conversar com ele, é uma homenagem em vida. É uma coisa muito séria, estou fazendo com muito amor. Isso é uma coisa que eu estou levando muito a sério.”

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade