“Bandido bom não é bandido morto”, afirma Reinaldo Gottino do Balanço Geral

Publicidade

Apresentador da revista eletrônica Balanço Geral nas tardes da Record TV, o jornalista Reinaldo Gottino concedeu uma entrevista ao Obervatório da Televisão e falou sobre os conteúdos apresentados diariamente pela atração que vem incomodando a TV Globo na audiência.

Ao lado de Fabíola Reipert e Renato Lombardi, o âncora traz aos telespectadores do canal os mais variados assuntos passando de política, economia, previsão do tempo, crimes e até o mundo das celebridades com o quadro A Hora da Venenosa.

Um tanto saudosista, Reinaldo relembrou na tarde da segunda (06/02), no Balanço Geral, a sua primeira reportagem exibida no Fala Brasil: “Minha primeira reportagem na @recordtvoficial foi no dia 10/07/2005. Foi no @fala_brasil e mostramos hoje no @balancogeral // E foi justamente no meu clássico preferido Palmeiras X Corinthians. Edição do meu amigo@04Rodrigo Amanhã vamos mostrar a estreia da @fabiolareipert”, postou em uma rede social.

Continua depois da publicidade

Com vasta experiência em coberturas policiais, Gottino afirma: “Pra mim, bandido bom não é bandido morto”. 

Publicidade
© 2020 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade