Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
INTERRUPÇÃO

Surto de ômicron paralisa gravações da 18ª temporada de Grey’s Anatomy

Drama médico, que atualmente vive em um mundo pós-pandêmico, foi afetado pela Covid-19

Publicado em 05/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O surto da variante ômicron do novo coronavírus, que devasta os Estados Unidos, paralisou as gravações da 18ª temporada de Grey’s Anatomy. Após o descanso de final de ano, os trabalhos estavam programados para serem retomados nos próximos dias. Agora, o drama médico deve voltar à ativa somente na semana que vem.

Segundo fontes ouvidas pelo site TVLine, os estúdios da rede ABC tomaram a decisão do adiamento apenas por cuidado preventivo, pois não se tem notícia de contaminação dentro do elenco ou entre os integrantes da equipe de produção.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Pelo menos por enquanto, essa interrupção não irá alterar a programação da emissora O próximo episódio a entrar no ar, o décimo, continua marcado para 3 de março. No Brasil, a 18ª temporada de Grey’s Anatomy vai estrear dia 25 deste mês, no canal Sony.

Se a 17ª temporada de Grey’s Anatomy mergulhou de cabeça na pandemia, colocando até a protagonista Meredith Grey (Ellen Pompeo) na UTI, a atual leva de episódios é ambientada em um mundo pós-pandêmico

Outras séries da ABC, que assim como Grey’s Anatomy são gravadas em Los Angeles, também tiveram as gravações desta semana suspensas. São elas: Station 19 e The Rookie.

A variante ômicron tem causado transtornos no sistema de saúde dos Estados Unidos nunca antes vistos nesta pandemia. Só na última segunda-feira (3), o país registrou a marca de 1 milhão de novos infectados em 24 horas, um recorde mundial. 

De acordo com o CDC (Centro de Controle e Prevenção de Doenças), a ômicron é responsável por 95,4% das novas infecções de Covid-19 nos EUA.

Altamente transmissível, conforme os números comprovam, a variante ômicron tem se mostrado menos letal do que outras cepas dominantes do novo coronavírus.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....