Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
ENTENDA

Político argumenta que mulher em Doctor Who leva homens ao mundo do crime

O parlamentar Nick Fletcher sofreu uma enxurrada de críticas pela comparação bizarra

Publicado em 25/11/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O parlamentar britânico Nick Fletcher, do Partido Conservador, fez uma associação bizarra entre mulheres substituindo personagens masculinos famosos no mundo do entretenimento, como ocorreu em Doctor Who, com o aumento de jovens homens no mundo do crime. Segundo ele, faltam bons exemplos masculinos para o público, só sobrando os bandidos.

Nick Fletcher fez o argumento controverso nesta quinta-feira (25), durante um debate na Câmara dos Comuns sobre o Dia Internacional dos Homens. O deputado falou por cerca de 14 minutos e usou exemplos da TV e do cinema para justificar os motivos do aumento da criminalidade entre os homens.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Em todos os lugares, principalmente na esfera cultural, parece haver um apelo de uma minoria minúscula, embora muito ressonante, de que todo personagem masculino, ou bom modelo, deva ser substituído por uma mulher. Basta olhar para as discussões em torno de quem vai interpretar o próximo James Bond“, disse Nick Fletcher.

Ele continuou: “E não é apenas James Bond. Nos últimos anos, vimos Doctor Who, Caça-Fantasmas, Luke Skywalker, The Equalizer… todos substituídos por mulheres. E os homens ficam com os Krays [irmãos fora-da-lei] e Tommy Shelby [o gangster de Peaky Blinders]. Logo, é assombroso ver tantos jovens [homens] cometendo crimes?

Fletcher se referiu à Jodie Whittaker, em Doctor Who; as protagonistas do remake do filme Caça-Fantasmas; e de Queen Latifah, na série The Equalizer. Todas essas produções tinham protagonistas homens nas versões originais.

A repercussão negativa foi imediata, ultrapassando os limites do Reino Unido e chegando nos quatro cantos do mundo. O jornalista Adam Bienkov postou um trecho do depoimento do parlamentar no Twitter e, em três horas após a publicação, foi visto mais de 1 milhão de vezes.

O político rapidamente publicou nas redes sociais um esclarecimento em resposta. No comunicado, Nick Fletcher disse que “a fala dele foi tirada do contexto“. Ele tentou consertar o discurso feito alegando que “quando os exemplos para os homens são criminosos, da ficção ou não, isso afeta negativamente em como eles entendem a masculinidade e o que significa ser homem.

Fletcher terminou a nota afirmando que “meninos e jovens adultos precisam de exemplos positivos na mídia, igual às mulheres. Garotos precisam de exemplos positivos. E esse ponto eu continuarei defendendo sem me desculpar.

Veja, em inglês, a fala de Nick Fletcher no parlamento:

E confira o depoimento dele publicado após a repercussão negativa:


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....