Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
SEGUEM OS TRABALHOS!

Estúdios entram em acordo com operários de Hollywood e evitam greve

Saiba todos os detalhes do novo acordo que impediu paralisação na indústria de entretenimento americana

Publicado em 17/10/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A primeira greve dos operários de Hollywood em 128 anos foi evitada em cima do laço. No sábado (16), o sindicato representante de diversas categorias profissionais como figurinistas, maquiadores, carpinteiros e operadores de câmera concordou com o novo acordo trabalhista oferecido pelos estúdios e produtoras da indústria de entretenimento americana.

Esse novo contrato tem duração de três anos e foi assinado após dois meses e meio de muitas negociações. Do ponto de vista do sindicato dos operários, o Iatse (Aliança Internacional de Funcionários de Palcos Teatrais), as conversas estavam enroladas e na última quarta (13) foi dado um ultimato: sem um acerto até a segunda (18), a greve seria decretada.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A pressão funcionou, incluindo aí placas com mensagens de protestos que estavam prontas para os piquetes. De acordo com Matthew Loeb, presidente internacional do Iatse, esse acordo foi o melhor da história para os trabalhadores, com todos as demandas atendidas pela AMPTP (Aliança de Produções Televisivas e Cinematográficas), a representante dos patrões (leia-se: estúdios e produtoras).

Placas do sindicato prontas para a greve (Divulgação/Iatse)

O que foi acertado

Como tática para colocar a opinião pública contra a AMPTP, o Iatse abriu uma página no Instagram para os filiados compartilharem depoimentos sobres as agruras do trabalho atrás das câmeras em Hollywood, como não ter tempo para almoço/janta, expedientes acima de 14 horas e sem pausa para sequer ir ao banheiro.

O Iatse conseguiu defender os pedidos dos filiados. O novo contrato inclui um maior intervalo de descanso entre dias úteis de trabalho, melhorias de benefícios (como plano de saúde e pensões), aumento salarial e condições mais humanas e dignas nos contratos com as séries de streaming –este era o principal entrave.

Consta ainda no acordo: no mínimo dez horas de descanso entre um dia e outro de trabalho, sem exceção; descanso nos finais de semana de 54 e/ou 32 horas; e iniciativas para mais diversidade (racial e de gênero).

Em comunicado enviado aos integrantes do Iatse no sábado (16), Matthew Loeb comemorou: “Batemos de frente com algumas das empresas de entretenimento e tecnologia mais ricas e poderosas do mundo. E chegamos a um acordo com a AMPTP que atende às necessidades de nossos filiados“, exultou o presidente do sindicato.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....