Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
PEDESTAL

This Is Us: Milo Ventimiglia diz que Jack é exemplo de masculinidade não tóxica

Ator fala sobre a pressão de viver um personagem rotulado como o homem perfeito

Publicado em 09/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Fãs de This Is Us idolatram Jack Pearson, classificando-o como homem-pai-marido perfeito. Essa adoração incomoda Milo Ventimiglia, ator que há seis anos interpreta o personagem venerado no drama chororô. Mas olhando o lado positivo da situação complexa, ele reforça que Jack é um bom exemplo de masculinidade não tóxica; longe de ser uma figura sem falhas, porém.

Milo Ventimiglia abriu o jogo de forma bem esclarecedora ao falar sobre Jack Pearson em edição recente do podcast The Awardist, da Entertainment Weekly. Primeiro, o ator destrinchou a idolatria que rola em cima de Jack, explicando como isso respinga na própria vida pessoal.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

“Jack tem uma trajetória difícil de ser imitada”, ressaltou Ventimiglia. As pessoas o colocam em um pedestal e isso acaba se transferindo para mim. E eu digo logo: ‘Peraí, eu sou apenas um cara comum interpretando um personagem, fazendo o meu melhor para torná-lo real, podendo assim servir de inspiração para as pessoas.”

Ele confessou que “é difícil” lidar com essas comparações, mas há um ponto interessante de ser analisado disso tudo. “Eu acho maravilhoso que um personagem fictício como Jack esteja no ar, quem sabe sendo bom exemplo para homens reais, que tenham um coração de ouro e possam fazer algo de proveitoso com as respectivas vidas, ajudando as pessoas que amam e estão ao redor.”

Milo Ventimiglia durante cena da sexta temporada de This Is Us

Bom exemplo de masculinidade

Para Ventimiglia, Jack Pearson dá sim o “exemplo de como ser um homem bom”. O ator disse que sente orgulho de viver um personagem masculino sensível, derrubando assim mitos e confrontando a masculinidade tóxica, tema tão presente nos círculos sociais da contemporaneidade.

“A identidade masculina passa por transformações nos dias de hoje”, explicou, fazendo questão de pontuar que This Is Us ajuda a se livrar “das coisas tóxicas” vistas por aí. 

Contudo, Ventimiglia fez questão de registrar que Jack nunca foi 100% perfeito como alguns fãs tentam perpetuar. Essa mistura, de quase perfeição com deslizes de caráter, tornam Jack um personagem com muito apelo, por ser quase verdadeiro (lidando com problemas de bebida além de inconsistências em casa e no trabalho, sem contar a família de passado conturbado).

“Essas complexidades trazem para Jack uma empatia do público. Isso o faz humano. Se ele fosse muito perfeito, seria irreal”, concluiu o ator.

A sexta e última temporada de This Is Us está na reta final: faltam três episódios para o desfecho da série. O próximo capítulo, o 16º, entra no Star+ na quinta-feira (12). ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....