Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
RECAP

This Is Us abre a torneira das lágrimas em início de temporada daqueles

Primeiro episódio da sexta temporada do drama está disponível no streaming Star+

Publicado em 06/01/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

No melhor estilo This Is Us, a estreia da sexta e última temporada foi emocionante, singela e com aquela dose caprichada de lágrimas enchendo os olhos. Já disponível no Brasil, no streaming Star+, o capítulo intitulado de The Challenger expôs ainda mais a jornada dolorosa de Rebecca (Mandy Moore) e a perda de memória que sofre gradativamente. 

[Atenção: spoilers a seguir]
De todas as tramas apresentadas no episódio de estreia da sexta temporada de This Is Us, a mais importante foi a de Rebecca. Na fase da terceira idade, ela estava com os netos em um parque de diversões, ao lado do marido, Miguel (Jon Huertas), e do cunhado, Nick (Griffin Dunne).

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Ao embarcar em um trenzinho, ela se lembrou da infância. A mente dela viajou no tempo e aterrissou na época na qual o pai passeava com ela de trem, aos domingos. Saudosista e esbanjando um sorriso no rosto, ela lembrou os detalhes daqueles dias, de como ela amava passar um tempo próximo ao pai, sobre os trilhos.

Antes de chegar no destino, ele a levava até a parte da frente do trem e andava com a filha de vagão em vagão até… Eis quando Rebecca simplesmente esqueceu o nome do último vagão. Miguel ousou falar, mas a companheira interveio e não cedeu. Ela queria lembrar o nome sem ajuda de ninguém, mas não conseguia.

A matriarca dos Pearsons sofreu mais porque o nome desse último vagão era justamente o título de um dos livros que lia constantemente para os três filhos, quando eram pequenos. Uma palavra simples, porém escapou da memória. A capa do livro antigo era só um vulto na lembrança.

Somente no final do episódio, aliviada, ela recordou o nome do vagão: caboose (ou vagão de frenagem). This Is Us preparou com precisão essa dor da perda de memória. E não de coisas supérfluas ou grandes. É a aflição de esquecer algo que tanto lhe faz bem e foi marcante na vida.

Randall bom demais

Entre as histórias paralelas, a de Randall (Sterling K. Brown) chamou mais a atenção. Nas cenas de flashback, Rebecca conversava com Jack (Milo Ventimiglia) e, em um tom de desabafo, disse que Randall era muito bom para o mundo, pois mesmo criança ele se preocupava com o bem-estar dos outros.

No presente, bem no dia do aniversário de 41 anos, essa característica veio à tona. Ao invés de passar o tempo com a mulher, Beth (Susan Kelechi Watson), ele decidiu ir a um tribunal encarar o ladrão que dois anos atrás (quarta temporada) roubou a casa da família e, após tanto tempo, foi capturado.

Ao confrontá-lo e notar que o bandido tinha problemas, mentais e outros mais, o vereador resolveu ajudá-lo e pagou a fiança, livrando o ladrão da cadeia.

Ao saber disso, Beth até ficou contente, por ter ao lado um homem generoso, dedicado a servir. Porém, o criminoso (de nome David), não apareceu em um local combinado e não recebeu a ajuda oferecida por Randall, o que o deixou decepcionado.

É, talvez Rebecca estivesse certa, sobre o filho ser bom demais para o mundo.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....