Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
ESCALAÇÃO-CHAVE

Saiba por que Stranger Things não seria a mesma sem Winona Ryder

Atriz revelada nos anos 1980 é o fundamento do drama sobrenatural da Netflix

Publicado em 27/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A série Stranger Things não seria a mesma sem Winona Ryder, afirmaram os irmãos Matt e Ross Duffer. Em entrevista ao podcast Skip Intro, da Netflix, eles explicaram o quanto a atriz renomada foi e é importante para o drama sobrenatural. Antes de virar sensação no mundo todo, Stranger Things foi rotulada de “a série de Winona Ryder”. Ela passou a ser o chamariz da trama. Foi um chute dos irmãos tentar escalá-la como a então protagonista. O esforço deu certo.

“Joyce não era uma personagem tão interessante assim até escalarmos Winona”, disse Matt, fazendo referência à personagem vivida pela atriz em Stranger Things. “Ela é única. Nós queríamos aproveitar toda a habilidade dela. Não sei se tudo isso [o sucesso de Stranger Things] existiria se Winona tivesse rejeitado esse papel.”

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

“Joyce foi além de ser aquela mãe que luta pelo retorno do filho desaparecido”, complementou Ross. Ele disse que uma atriz do nível de Winona Ryder permite que a personagem ganhe expansão, tenha mais amplitude.

Convencer Winona para entrar em Stranger Things não foi tarefa fácil. Relembrar o contexto é importante. A atriz foi revelada em Hollywood nos anos 1980, aparecendo em clássicos do cinema. O drama teen da Netflix se passa justamente nessa década e oficializar esse casamento seria ideal.

Isso porque a nostalgia permeia Stranger Things. “Ela é uma dessas atrizes que todos nós vimos em filmes durante a infância e juventude. Há muita nostalgia nisso, o que amamos”, disse Matt.

Lá em meados da década passada, quando Stranger Things montava o elenco, Winona Ryder estava meio afastada de Hollywood, não aparecendo tanto assim em filmes. Ela deu um passo importante na TV ao, pela primeira vez, fazer parte do elenco fixo de uma série: Show Me a Hero, (2015) da HBO.

“Na verdade, estávamos receosos sobre a aprovação ou não de Winona fazer TV”, relembrou Matt. “Ross e eu não éramos nomes de grife.”

Foi dada uma dedicação extra na oferta mostrada à atriz, com vários mimos e itens relacionados à trama, que ainda não existia. “Enviamos o roteiro”, continua Matt. “E depois tivemos uma reunião de quatro horas e meia com ela. É difícil até mesmo falar sobre o encontro porque você está sentado ali ao lado de Winona Ryder, apenas tentando ser descolado e interessante. Ela disse sim. Winona aceitar foi incrível porque acho que isso transformou completamente a série.”

O primeiro volume da quarta temporada de Stranger Things, composto de sete episódios, estreou nesta sexta-feira (27) na Netflix. O segundo volume, com dois capítulos, entra na plataforma em 1º de julho. ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....