Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
ENXUGAR GASTOS

Nova Warner corta investimentos em séries; Expresso do Amanhã corre risco

Warner Bros. Discovery reformula vários negócios antes mesmo de completar um mês na ativa

Publicado em 27/04/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Fundado há três semanas, o conglomerado Warner Bros. Discovery concentra esforços na contenção de gastos. Segundo informações do site Variety, a nova empresa decidiu cortar os investimentos em séries feitas para os canais americanos TBS e TNT. Com isso o futuro de todas as atrações, como Expresso do Amanhã, está em xeque.

Juntas, TBS e TNT possuem quatro séries ativas. Ainda não foi definido o que irá acontecer com elas. A tendência é as atrações passarem por reavaliação e, caso aprovadas, devem parar no streaming HBO Max, a plataforma da nova Warner.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Expresso do Amanhã é atração da TNT, nos Estados Unidos, enquanto no Brasil faz parte do catálogo da Netflix. A terceira temporada terminou no mês passado, e a quarta leva de episódios foi encomendada. Estúdios da Warner não têm relação direta com a produção do drama apocalíptico, feito pela sul-coreana CJ Entertainment.

O que a Warner Bros. Discovery fizer com Expresso do Amanhã será exemplo para outras séries da dupla TBS/TNT: se a quarta temporada será exibida no canal; se a quarta temporada vai para outra vitrine/plataforma; ou se a quarta temporada de fato será feita.

A TNT ainda tem Animal Kingdom (essa no Brasil já está na HBO Max). No plantel da TBS estão Miracle Workers e Chad (as duas também fazem parte da HBO Max).

Cancelamentos sem dó 

A comédia Kill The Orange-Faced Bear, da TBS, protagonizada por Damon Wayans Jr., foi cancelada antes mesmo de iniciar as gravações. Equipe e elenco da série foram comunicados da decisão na tarde desta terça-feira (26), uma semana antes de os trabalhos começarem.

Nesta quarta-feira (27), foi anunciado o cancelamento de The Last O.G., comédia da TBS protagonizada por Tracy Morgan. Havia a expectativa da renovação para o que seria a quinta temporada, pois a série á uma das mais vistas na TV paga americana, chegando a somar 20 milhões de telespectadores (canal + plataformas digitais).

Os executivos da Warner Bros. Discovery deixaram claro aos acionistas que alterações no modelo de negócios seriam feitas nos primeiros dias da fusão, em parte pela crise que ainda atinge Hollywood no atual cenário quase pós-pandêmico. A meta é fechar torneiras contra possíveis desperdícios.

Uma ação bem clara disso foi o cancelamento sem dó do streaming CNN+, antes dele completar 30 dias no ar. É o modelo de cortar excessos e investir no que realmente tem potencial de gerar retorno financeiro substancial. ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....