Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
MARATONA NO SOFÁ

Melhores séries da Netflix: 5 dicas de dramas jurídicos

Opções de qualidade vão da divertida Better Call Saul a provocante How to Get Away with Murder

Publicado em 04/09/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Quase um mês entre as dez atrações mais populares na Netflix, a série For Life (2020-2021) é uma das tantas opções de dramas sobre advocacia disponíveis na gigante do streaming. O ambiente no tribunal e as argumentações de defesa e acusação, elementos clássicos usados na TV, compõem uma fórmula que funciona bem para atrair audiência.

Na Netflix, há dramas jurídicos para todos os gostos. Tem aquele que retrata um crime real (American Crime Story: O Povo Contra OJ Simpson) e um sobre a rotina em uma grande firma fictícia (Suits). 

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Vale destacar a série com um advogado malandro (Better Call Saul) e outra da defensora que livra a barra dos clientes a qualquer custo (How to Get Away Murder). Todas valem a maratona.

Saiba mais sobre 5 dramas jurídicos para ver na Netflix

American Crime Story: O Povo Contra OJ Simpson

Um crime que dividiu os Estados Unidos. Em 1994, o garçom Ron Goldman e a ex-garçonete Nicole Brown Simpson, mulher do astro da NFL OJ Simpson, foram mortos a facadas. O marido de Nicole foi tratado como principal suspeito de cometer os assassinatos e o caso parou em um tribunal. 

O julgamento entrou para a história. As pessoas acompanhavam diariamente as interpelações como se estivesse assistindo ao Big Brother. A minissérie American Crime Story: O Povo Contra OJ Simpson (2016) retratou isso com primor, do elenco acima da média a um roteiro perfeito. O drama venceu oito Emmys, incluindo melhor minissérie.

Bob Odenkirk no drama Better Call Saul (Divulgação/AMC)

Better Call Saul

Vince Gilligan, criador de Breaking Bad (2008-2013), foi certeiro ao escolher o personagem para fazer uma série filhote. O advogado Saul Goodman (Bob Odenkirk) ganhou uma trama para contar a origem da carreira no mundo do direito. O público conheceu Jimmy McGill, nome civil do personagem, e acompanhou as trambicagens dele antes de se associar ao traficante Walter White (Bryan Cranston).  

For Life

Sucesso absoluto no Brasil, For Life pegou o público em cheio ao contar uma história verdadeira. A trama televisiva adaptou a vida do advogado Isaac Wright Jr., que no roteiro foi batizado com outro nome, Aaron Wallace (Nicholas Pinnock). 

A série mostrou a prisão injusta de Wallace, um empresário da noite condenado por ser traficante de drogas. Dentro da cadeia, ele optou por defender em causa própria e passou a estudar as leis. Além de tentar provar a inocência, Wallace ajudou companheiros de cárcere que receberam penas exageradas ou erradas.

Viola Davis em How to Get Away with Murder (Divulgação/ABC)

How to Get Away with Murder

Como se livrar de um assassinato? Esse foi o tema da aula da professora universitária Annalise Keating (Viola Davis), especialista em direito penal. Em How to Get Away with Murder (2014-2020), ela recrutou cinco alunos para serem estagiários no escritório de advocacia que chefiava. Tudo ia bem até que um assassinato os une eternamente, para o bem ou para o mal. 

As histórias contadas no drama funcionam como um funil. Há um ponto de partida e os episódios se desenrolam com acontecimentos do futuro e do passado, girando em torno do evento central. O telespectador adentra no enigma de tentar desvendar quem é culpado ou inocente em um crime. E pensa em uma estratégia de como se livrar dele.

Suits

Durante nove temporadas, Suits (2011-2019) narrou a rotina de uma firma de advocacia de elite, que mudou tanto de nome a ponto disso ser destacado na vinheta de abertura. Embora o escritório da trama só contratasse advogados com diploma da prestigiada universidade Harvard, tudo começou na série com uma aquisição ilegal.

O jovem Mike Ross (Patrick J. Adams) sequer terminou a faculdade, mas tinha um conhecimento impressionante sobre advocacia. Isso chamou a atenção de Harvey Specter (Gabriel Macht), que o contratou mesmo sem Mike ter pedigree. Assim, a audiência se infiltrou no escritório Pearson Hardman e passou a descobrir os segredos da firma.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....