Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
SÉRIE SENSAÇÃO

De teorias a memes: o segredo do sucesso de Round 6 é o povão

Sem a máquina marqueteira da Netflix, o drama sul-coreano ganhou popularidade de forma espontânea

Publicado em 30/09/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Sem toda aquela parafernália marqueteira da Netflix, Round 6 é um sucesso mundial na plataforma por causa do povo. Com as mais malucas teorias e um monte de memes hilários, pessoas ao redor do planeta falam do drama sul-coreano e compartilham conteúdo de forma espontânea nas redes sociais, repercussão que impulsiona a série.

Proava disso. Antes mesmo de completar duas semanas do lançamento, Round 6 alcançou a liderança de audiência na Netflix em 90 países. 

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

São tantas visualizações que o diretor de conteúdo da gigante do streaming, Ted Sarandos, projeta que a atração simplesmente irá desbancar outros hits do serviço (como Bridgerton e The Witcher) e será a série mais vista da história da empresa.

As teorias de Round 6

Round 6 é uma série que atraiu tanta gente assim pela excentricidade, mas cativa pelas nuances. O ponto de partida do enredo é bizarro, para dizer o mínimo. Um grupo de 456 pessoas topa entrar em um jogo para ganhar uma fortuna exorbitante, algo em torno de R$ 208 milhões, na conversão da moeda sul-coreana.

Elas estão nessa porque devem a Deus e o mundo. Porém, as seis brincadeiras infantis que compõem o jogo são, literalmente, fatais. Quem perde ao longo do caminho é eliminado (leia-se: morre).

Os telespectadores mais atentos foram para a internet despejar teorias por trás de Round 6. Uma das mais interessantes veio da internauta Lucy. Em um vídeo postado no TikTok, ela mostrou que as paredes do galpão onde os participantes se alojavam escondiam quais eram as brincadeiras da competição (veja abaixo).

E os memes!

Como a série (por enquanto) não terá uma segunda temporada, feita para para ter só os nove episódios mesmo, os fãs especulam sobre o que poderia acontecer depois do final. Isso alimenta debates que devem perdurar por mais dias pela frente, mantendo a série na boca do povo.

A boa e velha (e sempre eficiente) propaganda espontânea colocou Round 6 em evidência, principalmente para quem nunca assistiu a atração e se deparou com memes de uma boneca parada em um semáforo ou de pessoas comentando sobre a brincadeira Batatinha 1, 2, 3.

Menções no TikTok e Twitter passam da casa dos 20 bilhões de postagens desde a estreia, no último dia 17. Quem não sabe do que se trata, busca conhecer a série, passa a assisti-la, comenta nas redes sociais, a mensagem chega a alguém que não sabe do que aquilo se trata, que busca conhecer a série…

Academicamente, Round 6 rende discussões interessantes, sobre como o dinheiro leva pessoas simples a tomar atitudes extremas, o poder do capitalismo na vida de todos nós (sem exceção, queremos ou não) e como é possível se identificar com os personagens ali retratados.

Além disso, o drama sul-coreano caiu no gosto do povão por conseguir o que muitas séries penam, aquelas que investem fortunas e forçam a barra para viralizar na internet. De maneira orgânica, Round 6 apresentou elementos e estruturas de fácil assimilação, perfeitos para uma produção de entretenimento no mundo hiperconectado de 2021.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....