Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
+18

Minx: nova série da HBO Max mostra 38 pênis em episódio de meia hora

A comédia fez uma exibição para todos os gostos, com variação de cores, tamanhos e formatos

Publicado em 17/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Nova série da HBO Max, Minx: Uma para Elas destronou o drama Euphoria ao apresentar um verdadeiro festival de pênis. De forma explícita, a comédia do streaming da Warner mostrou 38 pênis em um único episódio de meia hora, o de estreia da atração, disponível na plataforma nesta quinta-feira (17). E foi exibição sortida para satisfazer qualquer pessoa, com falos de todos os tamanhos, cores e formatos.

Minx não ficou nem um pouco tímida. Foram imagens focadas, cruas, sem retoque ou sutileza. Teve de ser dessa forma porque o contexto era escolher o melhor membro para aparecer no pôster central da primeira edição de uma revista erótica feminista (com homens pelados em algumas páginas).

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Conheça a série Minx: Uma para Elas

Joyce (Ophelia Lovibond) trabalhava como atendente em uma revista voltada a meninas adolescentes, a Teen Queen. Enquanto passava pelos dias em um trabalho entediante, ela sonhava em publicar uma revista feminista, com reportagens densas e revolucionárias para fazer as mulheres e a sociedade refletirem sobre assuntos urgentes acerca do feminismo. A publicação chamava-se O Despertar do Matriarcado.

No auge da intitulada Segunda Onda do Feminismo, em 1971, Joyce encarou uma feira de editoras e fez apresentações da revista. Mas só recebeu rejeições. Ninguém se interessava por aquele conteúdo, menos um publisher: Doug (Jake Johnson, ex-New Girl), especialista em revistas eróticas masculinas, com 12 edições diferentes nas bancas e 4 milhões de vendas.

O ator Taylor Zakhar Perez em episódio da série Minx

Contudo, o excêntrico editor tinha um plano inusitado e inédito para a revista de Joyce, que era colocar homens nus entre os artigos e reportagens intelectuais feministas. Esse modelo de veículo é cópia de revistas reais daquela época, como a Playgirl e Viva. Após um texto de dez mil palavras sobre o aborto, vinha um homem peladão, de pênis ereto, na página seguinte.

Joyce relutou em um primeiro instante, mas topou se arriscar na empreitada ousada. E para escolher o modelo do pôster central foi preciso fazer uma audição. Por isso a necessidade de ver tantos pênis. Ela até achava que pênis era tudo igual (até porque só olhou de perto três em toda a vida). Rapidamente mudou de ideia ao ver com os próprios olhos que não falta variedade.

Ela argumentou porque aceitou ter o nu masculino na revista: “Ver um cara pelado move as mulheres. Estejam elas curiosas, excitadas ou apenas querendo rir dele. É a capacidade de olhar que faz uma mulher se sentir poderosa. É disso que trata a nossa revista.”

Quem assistir ao primeiro episódio de Minx, batizado de Não É um Pauzão na sua Cara, pode se preparar que não haverá um festival de pênis a cada capítulo. A proposta de vários assim logo no começo é para causar um choque e mostrar de fato do que a série se trata. 

Com o passar do tempo, o nu frontal masculino terá espaço, porém dentro da normalidade. Para quem trabalha na revista será apenas mais um dia de trabalho.

A série Minx estreou nesta quinta-feira (17) com os dois primeiros episódios (são oito, no total). Dois capítulos serão lançados a cada quinta, até 14 de abril.

Veja o trailer, legendado, de Minx: Uma para Elas:

____

Conheça a página de séries do Observatório da TV

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....