Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
EXPULSA DOS EUA

Inventando Anna: Anna Sorokin sai da prisão e é deportada para a Alemanha

Vigarista foi tema de minissérie de muito sucesso na Netflix

Publicado em 14/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A golpista Anna Sorokin/Delvey, cuja história de vida vigarista foi contada na minissérie Inventando Anna (Netflix), foi liberada da prisão nesta segunda-feira (14). Ela estava detida há quase um ano sob a custódia do ICE, o Serviço de Imigração e Controle Aduaneiro dos Estados Unidos. Segundo informações do site New York Post, a falsa herdeira será deportada imediatamente para a Alemanha, aterrissando na cidade de Frankfurt.

Anna Sorokin foi presa em 25 de março do ano passado após o visto dela de permanência nos EUA expirar. A russa de 31 anos, que se mudou para a Alemanha aos 16, não queria deixar o país norte-americano, mas um juiz negou o pedido de apelação dela.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A história real de Inventando Anna

Na minissérie Inventando Anna, a jornalista Vivian (Anna Chlumsky) trabalha sob pressão na revista ficcional Manhattan, cobrada para entregar alguma reportagem substancial, de relevância. Ela se depara com o caso de Anna Delvey (Julia Garner), cujo nome real é Anna Sorokin, suposta herdeira alemã, famosa no Instagram, que roubou os corações (e o dinheiro) da alta sociedade de Nova York.

Entre 2013 e 2017, Anna desfilava nos lugares mais requintados de Nova York, cercada da elite da cidade. Ela dizia ser uma herdeira alemã que, em um futuro próximo, tomaria posse de US$ 60 milhões. 

O grande público tomou conhecimento dela após a revista New York publicar uma reportagem, em 2018, sobre as trambicagens da falsiane. Anna não tinha um tostão furado no bolso, mas conseguia se hospedar em hotéis caríssimos e enganar os amigos, dando como garantia o simples “depois eu pago.”

Ela foi presa em 2017 e condenada, dois anos depois, por apropriação indébita. A pena era de 12 anos atrás das grades, mas nem completou 48 meses encarcerada. Ficou livre em fevereiro do ano passado, após pagar multas e restituições. ⬩

____

Conheça a página de séries do Observatório da TV

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....