Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
EM DEFESA

Zendaya dá resposta genial a críticos de Euphoria e explica objetivo da série

Corrente contrária aponta uma suposta glamorização do uso de drogas entre adolescentes no drama da HBO

Publicado em 08/02/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Assim como em 2019, no ano de estreia, Euphoria recebe críticas agora por mostrar adolescentes usando e abusando de drogas, as mais diversas existentes. Os comentários negativos apontam suposta glorificação do vício. Mas esse não é o objetivo da série da HBO, como bem explicou Zendaya, a protagonista, ao rebater o argumento contrário dando uma resposta genial.

Há duas semanas, o movimento antidrogas chamado de Dare (sigla para Resistência da Educação contra o Abuso de Drogas) publicou comunicado atacando Euphoria. Fundado em 1983, a organização americana foca em trabalho em colégios, combatendo o uso de entorpecentes no âmbito escolar e entre os adolescentes.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Um trecho da nota divulgada pela Dare diz: “Ao invés de promover o desejo de cada pai e mãe de manter seus filhos a salvo das consequências horríveis do abuso de drogas e outros comportamentos de alto risco, Euphoria, drama da HBO, opta por glorificar e retratar erroneamente o uso de drogas entre estudantes do ensino médio, assim como explora o vício, sexo casual, violência e outros comportamentos destrutivos tão comuns e difundidos no mundo de hoje.”

Em entrevista ao site Entertainment Weekly, do último domingo (6), Zendaya reagiu à esse posicionamento, que resume o sentimento de quem detona a atração vencedora de Emmy. A atriz de 25 anos deu resposta exemplar.

“A série não é, de forma alguma, uma narrativa moral para ensinar como as pessoas devem viver ou o que elas deveriam fazer”, falou a jovem. “O que Euphoria faz é ajudar as pessoas a se sentirem um pouco menos sozinhas durante a experiência de encarar as próprias dores. E, quem sabe, mostrar a elas que não são as únicas lidando com isso, ou convivendo com alguém [preso em um vício].”

Também produtora executiva de Euphoria, Zendaya tem a plena consciência da representatividade de Rue, a personagem dela. No episódio desta semana, a adolescente surtou durante crise de abstinência severa, fugindo de entrar de novo em uma clínica de reabilitação. O futuro tem de ser melhor, segundo Zendaya.

“Não podemos deixá-la nessa situação”, afirmou a atriz. “É muito importante que haja uma luz no fim do túnel para ela [Rue], porque eu acho que existe muita beleza dentro dela.”

Episódios inéditos de Euphoria são lançados aos domingos, às 23h, na HBO e no streaming HBO Max.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....