Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
OPINIÃO

Desfecho de This Is Us decepciona; verdadeiro final foi o penúltimo episódio

Entenda por que capítulo que encerrou a trama deixou a desejar

Publicado em 26/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

This Is… It? Assim que os créditos do último episódio de This Is Us surgiram na tela, a sensação foi de falta. Analisando friamente, pareceu apenas mais um capítulo de meio de temporada, não o desfecho de uma das melhores séries do século 21. O adeus glorioso não veio, decepcionou. Assim, o verdadeiro final da série foi o penúltimo episódio, com o capítulo derradeiro servindo de complemento.

[Atenção: spoilers a seguir]
Poesia em forma de narrativa televisiva, o penúltimo episódio chamado de O Trem tem a cara de final de série. Toda a construção em torno de Rebecca (Mandy Moore), cheia de simbolismos e lições de vida, foi arrebatadora. This Is Us poderia terminar ali, sem problema algum. Inclusive, o último episódio chega a ser descartável, não fazendo falta caso não existisse.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Pouco coisa aconteceu de relevante em Nós, título do capítulo final. As histórias ali contadas caberiam perfeitamente na forma de um epílogo de O Trem, talvez um penúltimo episódio mais longo mostrando o velório de Rebecca e o que os irmãos Pearson planejam para o futuro. Só isso bastava para concluir bem a série.

Uma das mensagens morais do episódio Nós, de aproveitar o dia ao lado da família, seria transmitida com eficácia em momentos breves. Ao invés disso, houve um exagero de cenas chamadas fillers (para encher linguiça, no linguajar popular), principalmente centradas em Randall.

Sem sal

Nós acaba entrando no rol de This Is Us como um capítulo OK, nada além. Ainda mais se for comparado com outros episódios da sexta e última temporada. Nem aquele choro incontrolável rolou, prova de que causou pouco impacto.

Focar em Randall mostrou-se um equívoco. Sim, é possível argumentar que ele seja, do Big Three, o mais próximo de Rebecca; se Jack (Milo Ventimiglia) tivesse morrido naquela situação, Kate (Chrissy Metz) seria destacada, por exemplo. Mas faltou mostrar mais da própria Kate e de Kevin (Justin Hartley). Quase monotemático, concentrado em um único irmão Pearson, o final ficou sem sal.

Dona de um dos melhores primeiros episódios da história das séries, This Is Us concluiu a jornada sem aquela pegada firme da trama. Talvez pela ideia dos roteiristas de deixar muita coisa em aberto, vide o futuro político de Randall. Seria a brecha para se criar um spin-off.

Fato é que Nós foi um capítulo que deixou a desejar. Para a posteridade, o próprio fã pode fazer a separação justa e mais adequada, de tratar o penúltimo episódio (O Trem) como o final de fato, e Nós apenas como um complemento. ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....