Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
SUMMER SEASON

De filhote de GoT a La Casa de Papel coreana: 7 apostas da nova safra de séries

Saiba quais atrações tem tudo para chamar a atenção nos próximos três meses

Publicado em 01/06/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Começa nesta quarta-feira (1º) a chamada summer season, temporada de lançamentos de séries que vai até agosto. Entre as principais atrações da nova safra, estão o primeiro filhote de Game of Thrones (batizada de House of the Dragon) e a versão sul-coreana de La Casa de Papel. Com estreias desse calibre, a summer season prova a cada ano que deixou de ser o período menos valorizado da TV.

Das atrações novatas que chegam nos próximos três meses, também se destacam Ms. Marvel (nova série da Marvel no Disney+) e A Lista Terminal (que traz de volta Chris Pratt ao protagonismo em uma atração televisiva).

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O Observatório da TV preparou uma lista com sete apostas da nova safra de séries. Conheça um pouco de cada produção:

Iman Vellani em cartaz da série Ms. Marvel

Ms. Marvel, 8 de junho

Para reforçar o catálogo de séries de heróis e heroínas no Disney+, chegou a vez de Ms. Marvel, a primeira heroína muçulmana da Marvel. No mundo das HQ, Kamala Khan é uma adolescente paquistanesa-americana típica. Apaixonada por heróis, ela idolatra Carol Danvers, a Capitã Marvel. 

A atriz novata Iman Vellani ganhou o papel de protagonista na série, escolhida a dedo após extensa busca atrás da pessoa certa para encabeçar essa produção importante. Depois da série, em fevereiro de 2023, Iman vai reviver Kamala Khan no filme The Marvels, contracenando com a Capitã Marvel, interpretada por Brie Larson.

Jeff Bridges em cena de ação na série The Old Mand

The Old Man, 16 de junho

Vencedor do Oscar por Coração Louco (2009), e sete vezes indicado ao maior prêmio do cinema, Jeff Bridges estreia na TV como protagonista na série The Old Man, do canal FX (no Brasil, o drama de ação e suspense será disponibilizado no Star+, sem data confirmada).

Bridges interpreta Dan Chase, um ex-agente da CIA que entra na mira de um assassino. Ele, então, passa a viver em fuga. Para piorar a situação, o FBI também está de olho no fujão. O que será que esse homem tem de tão valioso assim? The Old Man promete cenas de muita ação enquanto desenrola a trama.

A atriz Lola Tung em O Verão que Mudou Minha Vida

O Verão que Mudou Minha Vida, 17 de junho

A série O Verão que Mudou Minha Vida é mais uma investida do Prime Video em produções voltadas ao público jovem adulto. Romance puro, com uma ótima história e sensivelmente bem executada, a atração é baseada no livro homônimo de Jenny Han, a mesma autora da coleção Para Todos os Garotos que Já Amei, que rendeu uma saga de filmes na Netflix.

O Verão que Mudou a Minha acompanha a jornada de Belly (Lola Tung), cuja vida gira em torno das férias de verão. A temporada do calor traz de volta o que mais ama: o mar, descanso, diversão e, principalmente, Conrad (Christopher Briney) e Jeremiah Fisher (Gavin Casalegno). Mesmo sendo tão diferentes, os três constroem uma amizade que parece inabalável. Apenas parece.

Tudo muda quando, em uma dessas férias, Conrad demonstra sentir algo por ela. O problema é que Jeremiah faz o mesmo.

Park Hae-soo é o Berlim em La Casa de Papel: Coreia

La Casa de Papel: Coreia, 24 de junho

Em La Casa de Papel: Coreia, a Netflix almeja o ponto mais alto possível. Afinal, dá-se aí a junção de uma história de sucesso mundial (La Casa de Papel) com a indústria de entretenimento coreana, muito bem aceita pelo público da plataforma.

La Casa de Papel: Coreia se passa no futuro em que as duas Coreias, do Norte e do Sul, estão prestes a fazer as pazes, se tornando uma só. Com isso, uma moeda única será estabelecida. Entra em cena o Professor e os capangas, armando um esquema cabuloso com o objetivo de executar um assalto épico.

Chris Pratt durante cena de A Lista Terminal

A Lista Terminal, 1º de julho

Revelado na comédia Parks and Recreation, Chris Pratt retorna para o mundo das séries agora em um drama militar muito aguardado: A Lista Terminal, baseado em um livro homônimo. O ator entrou nesse projeto com o maior salário por episódio da atualidade na TV americana (entre homens): US$ 1,4 milhão (R$ 6,6 milhões). No geral, só fica atrás da dupla Reese Witherspoon e Jennifer Aniston, da série The Morning Show.

A Lista Terminal (Prime Video) acompanha o militar James Reece (Pratt). Ele sofreu a perda de parte do pelotão de soldados do Navy Seals, força especial da Marinha americana, após terem sido vítimas de emboscada durante uma operação secreta. Ele, o líder daquele grupo, retorna para casa com lembranças conflituosas sobre o que ocorreu de verdade e questiona a própria culpa no ataque surpresa.

Novas evidências sobre o acidente surgem e Reece descobre existir forças tenebrosas atrás dele, colocando em perigo não apenas a própria vida, mas também das pessoas que ele ama.

O ator Taron Egerton na minissérie Black Bird

Black Bird, 8 de julho

Morto na semana passada, o ator Ray Liotta terá um lançamento de série póstumo. Ele fez parte do elenco de Black Bird, mais uma produção tarimbada do Apple TV+. A narrativa, baseada em uma história real, promete chamar a atenção de todos, da mídia e dos espectadores.

Em Black Bird, Ray Liotta interpretou “Big Jim” Keene, um policial veterano cujo filho, James (Taron Egerton), foi condenado a 10 anos de prisão por tráfico de drogas. Enquanto cumpre pena, James recebe a proposta de liberdade condicional antecipada com a condição de que ele se mude para uma prisão povoada por criminosos perigosos e faça amizade com o serial killer Larry Hall (Paul Walter Hauser).

Emma D’Arcy na série House of the Dragon

House of the Dragon, 21 de agosto

Não tem spin-off com mais peso nas costas do que House of The Dragon. A atração da HBO simplesmente é derivada de Game of Thrones (2011-2019), a série mais premiada da história da TV. Houve fartura no gasto para tentar corresponder às expectativas e não decepcionar: US$ 20 milhões (R$ 94 milhões) investidos em cada um dos dez episódios da primeira temporada. 

House of the Dragon irá narrar eventos que aconteceram 200 anos antes da história contada em Game of Thrones. O foco será na família Targaryen, cujo brasão tem um dragão de três cabeças. A trama vai apresentar como eles formaram uma dinastia que outrora dominou os Sete Reinos de Westeros. O título House of the Dragon (Casa do Dragão, em tradução literal) é autoexplicativo. ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....