DICA DE SÉRIE

Cidade dos Mortos: um drama familiar em meio a uma epidemia, numa produção da Netflix

Com narrativa envolvente e trilha sonora única, essa série russa promete surpreender e emocionar

Publicado em 06/07/2024

De acordo com o portal Master Dica, a Netflix não se prende em trazer para seus assinantes produções nacionais ou norte americanas, e todo mundo que assina a plataforma já sabe disso. Mas o que poucos sabem, é que existe uma série de origem Russa presente na Netflix chamada Cidade dos Mortos que deixou muitos espectadores surpresos.  

No entanto, Cidade dos Mortos surpreendeu positivamente, pois até mesmo o público que não costumava dar chances para produções estrangeiras, acabou se prendendo aos 8 episódios da obra e fazendo uma maratona dela em apenas um único dia.

Alguns pais seriam capazes de ir do céu ao inferno para proteger seus filhos o máximo possível, e é exatamente isso que veremos acontecendo nessa série.

Sergey deixou a cidade de Moscou há muitos anos, pois após se separar de sua esposa, acabou indo embora, deixando até mesmo seu filho para trás. No entanto, tudo muda quando um vírus misterioso surge e começa a infectar todas as pessoas.

Ao ficar sabendo disso, Sergey retorna para Moscou a fim de resgatar seu filho, e também a sua ex-mulher. Porém, é nítido que ambos ainda têm muitos assuntos mal resolvidos e precisam deixar isso e todas as suas diferenças de lado se quiserem ir para o norte do país, na esperança de sobreviverem.

A narrativa não se prende aos clichês de produções de ficção e drama que estamos acostumados a ver por aí, conseguindo prender totalmente a nossa atenção do primeiro ao último episódio.

A cada episódio a série nos apresenta os personagens de forma cada vez mais profunda, e acabamos nos envolvendo tanto na história de cada um deles que a parte da ficção e da epidemia causada pelo vírus acabam ficando em segundo plano, para dar espaço aos dramas familiares. 

Acredite, essa produção é única, incrível e além de contar com excelentes atores, uma narrativa espetacular e uma fotografia impecável, também nos agracia com uma trilha sonora muito boa que fez questão de misturar músicas russas com músicas americanas.