Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
SHOW DE VISUAL

Apple TV+ tem as mais belas vinhetas de abertura das séries; veja as 7 melhores

De dancinhas a design futurista, o streaming capricha nos vídeos de apresentação

Publicado em 02/04/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O streaming Apple TV+ tem se destacado por fazer as mais belas vinhetas de abertura do mundo das séries, uma melhor do que a outra. São sequências criativas e mágicas, algumas divertidas como em Pachinko, k-drama recente cuja apresentação virou sensação na internet pelas dancinhas livres e soltas feitas pelos atores, tom bem diferente da história em si da narrativa.

Com dois anos de existência, o Apple TV+ já emplacou uma indicação ao Emmy na categoria vinheta de abertura, representado por The Morning Show, defendendo um estilo despojado. Vídeos mais épicos podem ser vistos em For All Mankind e Fundação, por exemplo. E na pegada hilária tem a WeCrashed, sem muitos efeitos visuais.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Confira as sete melhores vinhetas de abertura de séries do Apple TV+:

A História de Lisey

Aqui, o estúdio Imaginary Forces apostou na singeleza. Duas marionetes simples tomam conta da vinheta de A História de Lisa, que consegue dar o tom certo de medo tal qual a narrativa da série, adaptação de obra escrita por Stephen King. 

O trabalho meticuloso alia o artesanal (criação e movimentação dos bonecos) com ajustes tecnológicos. A visão do vídeo saiu da mente do diretor do drama, Pablo Larraín, com a marionete mulher representando Lisey, a personagem interpretada por Julianne Moore na minissérie.

For All Mankind

Como em muitas vinhetas desta lista, o estúdio de design Imaginary Forces criou e executou o conceito de For All Mankind. Um único feixe de luz inicia toda a apresentação, combinando as cores preta e dourada. Há elementos cruciais sobre a trama, reforçando a chegada de cosmonautas soviéticos na lua antes dos americanos. É mostrada a luz iluminando a mente humana até atingir o espaço.

Fundação

A música da vinheta é robusta e gera um clima de imponência, dando a cara de Fundação, série outrora considerada impossível de ser feita, baseada na trilogia de livros de Isaac Asimov (1920-1992). Pequenas partículas formam símbolos referentes ao cosmo e dão dicas sobre a história futurista. 

Toda em 3D, a apresentação não deixa de focar nas partículas, deixando ao telespectador a liberdade de interpretar o significado delas (pode ser a ideia de representar os humanos, como cada um tem papel importante em qualquer situação da história).

Pachinko

Drama sul-coreano sobre uma jornada familiar bem densa, envolvendo quatro gerações e quase um século de história, Pachinko tem uma abertura que destoa do clima da série. Os atores surgem dançando, alegres, ao ritmo de uma música contagiante. O telespectador não tem outra saída a não ser curtir esse momento de alegria.

Esse contraste foi proposital, segundo a showrunner de Pachinko, Soo Hugh. “Por haver momentos pesados na trama, eu realmente queria que a vinheta fosse uma celebração”, falou a roteirista ao site Digital Spy. “É um presente para o público, uma permissão sobre a necessidade de se divertir e sorrir também.”

Ruptura

Em uma disputa da melhor vinheta de 2022 entre todas as séries do ano, Ruptura figura no topo. O vídeo é fabuloso em todos os sentidos, da execução à mensagem transmitida, combinadas com uma trilha perfeita.

Totalmente feita em animação, a apresentação é cheia de referências sobre a história, que acompanha um homem com a memória divida em duas, separando literalmente a vida pessoal da profissional. A vinheta mostra a batalha entre essas duas versões do mesmo homem, com duas identidades diferentes.

The Morning Show

Indicada ao Emmy, a vinheta de The Morning Show é completamente diferente de qualquer outra. O mais legal é não haver uma mensagem clara transmitida. Essa possibilidade de várias interpretações sobre o significado é interessante, pois mostra como a mesma coisa pode ser vista de forma tão distinta por várias pessoas.

Bolinhas amarelas, vermelhas, brancas e azuis se movimentam na tela em várias situações, até surgir uma bola preta e criar um choque. A partir daí, ocorrem diversas transformações nesses elementos, emulando fugas, brigas, desespero, atração… Cada espectador fica livre para opinar sobre o que tudo isso quer dizer.

WeCrashed

Nova atração da Apple, WeCrashed retrata a decadência da startup WeWork, rotulada como unicórnio no meio empresarial por ultrapassar a marca de US$ 1 bilhão de valor no mercado. 

A sacada brilhante foi colocar uma trilha musical animada enquanto um unicórnio caminha nos corredores da WeWork, imagem que alterna com um zoom no chifre do animal. O bicho transita entre salas descoladas e diferentonas da empresa, andando numa boa. Mas o chifre está em queda livre e, desconectado da cabeça do animal, se despedaça ao cair no chão, ilustrando o que diz o nome da minissérie. ⬩

____

Conheça a página de séries do Observatório da TV

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....