The Noite: Marcão do Povo relembra as ameaças sofridas no passado: “Já deram tiro na minha casa”

Publicidade

No The Noite desta segunda-feira (05), Marcão do Povo é o convidado de Danilo Gentili. O apresentador relembra a infância, a juventude e brinca sobre ser um “goiano do pé rachado”.

Há um ano e sete meses no comando do Primeiro Impacto, junto com Dudu Camargo, Marcão recorda as outras profissões que já teve. “Fui catador de tomate na roça. Nossa família é muito humilde… Já fui vendedor de picolé, engraxate, jornaleiro, vendedor de plano funerário”, diz ele.

Veja também: Simone revela que já usou algemas para apimentar relação com Kaká Diniz

Continua depois da publicidade

O convidado também lembra que tentou ser cantor e explica o porquê de o plano não ter dado certo. “Eu era desafinado até para cantar “atirei o pau no gato”. Tentei fazer uma dupla “Danilo e Daniel”. Ninguém queria gravar”, afirma rindo.

Além das histórias divertidas, Marcão fala ainda sobre as ameaças que sofreu no passado, antes de chegar em São Paulo. “Já deram tiro na minha casa. Os caras passaram e meteram bala. Já jogaram coquetel molotov na porta da televisão em que eu trabalhava”.

Os bordões que Marcão costuma usar na apresentação do jornal também não ficaram de fora da conversa com Gentili. “Faço o programa como se fosse o primeiro e o último”, afirma o criador dos personagens galo e caveirinha.

Publicidade
© 2021 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade