Resumo dos capítulos de O que a Vida me Roubou que vão ao ar nesta semana

Ezequiel faz Pedro acreditar que Adolfo assassinou Maria

Publicado há um mês
Por Redação
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Resumo dos capítulos 56 a 60 da novela O que a Vida me Roubou, que serão exibidos de 06 a 10 de julho de 2020, na faixa das 17h, no SBT.

Segunda-feira (06)- Capítulo 56 de O Que a vida me Roubou

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Amélia pergunta a José Luis se convenceu Angélica a permanecer no hospital. José Luis responde que sua filha deseja voltar para casa. Amélia diz que o médico lhe deu esperanças e questiona José Luis se chegou a amar verdadeiramente Angélica, ele diz que a ama profundamente e não quer perde-la. 

Alessandro diz a Joaquim que sabe que o fizeram modificar seu depoimento e jura que é inocente. Angélica pede à mãe que a leve para ver seu pai, porque quer que lhe diga a verdade sobre Alessandro.

Carlota conta a Montserrat que Ezequiel disse que José Luis é quem convenceu Pedro de que Alessandro é culpado, pois quer destruí-lo, mas Ezequiel não irá ajudá-lo. Ezequiel diz a Pedro que ainda não conseguiu que Samuel assine a confissão, culpando Alessandro de ser seu sócio. Pedro fica furioso. 

Alessandro se surpreende ao ver o corpo de Joaquim sem vida. Alessandro pega o livro que Joaquim lhe deu para ler e nele encontra um bilhete  onde Joaquim diz que seu sócio é Pedro, mas que não deve revelar até estar seguro junto de sua família. Renato diz a Demétrio que não confia nele, mas espera que desta vez faça as coisas bem. 

Demétrio diz a Montserrat que vai falar com Alessandro. Montse pede a Nádia que ajude seu irmão para que possa ver Alessandro. Amélia se surpreende quando José Luis diz que Joaquim se suicidou. Carlota diz a Montse e Rosário que Joaquim se suicidou e que Ezequiel tem medo de que ele tenha deixado algum documento culpando Alessandro de sua morte.

Nádia mostra a Demétrio um documento com a assinatura de Pedro e este a falsifica. Fabíola diz a Sandro que escutou uma conversa reveladora entre Montserrat e seu irmão e descobriu que a mãe de Alessandro esteve trinta anos na prisão. Demétrio consegue ver Alessandro, mas este o recrimina por todo mal que lhe fez.

Sandro diz a Pedro que trabalha em um escritório muito importante e representa Fabíola, única parente de Benjamin Almonte. Após uma longa conversa, Sandro e Pedro se dão conta que ambos não tem escrúpulos e devem se unir para tirar de Alessandro toda a fortuna. 

Demétrio diz a José Luis que Alessandro quer que ele vá vê-lo, pois existe uma prova de sua inocência. Pedro diz a Ezequiel que existe um bilhete de Joaquim e precisam encontrá-lo.

Nádia diz a Pedro que não tem nada que fazer no velório de Joaquim, já que ele morreu por sua culpa. Pedro diz que o culpado pela morte de Joaquim é Alessandro e logo vai provar que ele é o assassino.

Terça-feira (07)- Capítulo 57 de O Que a vida me Roubou

Alessandro fica feliz ao ver Montserrat. Ela conta que todos os dias vai com Rosário até o presídio, mas não conseguem entrar. Pedro exige a Ezequiel que recupere o bilhete de Joaquim. Montserrat diz a Alessandro que segundo Ezequiel é provável que Joaquim tenha deixado algo que o culpe por sua morte.

Alessandro responde que ocorreu justamente o contrário, que Joaquim esclareceu todas as mentiras das quais vem sendo acusado e só não diz o nome do verdadeiro cúmplice porque teme pela segurança de sua família. Ele pede a Montse que de seus pêsames a Amélia e suas filhas.

Pedro e Nádia chegam ao velório de Joaquim, Angélica chorando culpa Pedro pela morte de seu pai e exige que deixe o local. Pedro diz que Joaquim era seu amigo e que o culpado é Alessandro Almonte. Fabiola diz a Jose Luis que se aproximou de Montserrat e afirma que apesar de Alessandro ela também o ama e jamais o esqueceu.

Angélica agradece Montserrat por ter ido vê-la, e se desculpa pelas mentiras que seu pai disse para prejudicar Alessandro. Adolfo se sente culpado por ter contribuído para a morte de Joaquim. Pedro ordena a Maria que visite Alessandro e averigue se ele tem o bilhete deixado por Joaquim.

Maria astuta faz Alessandro acreditar que o Padre Anselmo lhe falou do bilhete deixado por Joaquim. Alessandro então diz que ninguém deve saber da existência dessa mensagem, pois dela depende sua liberdade. Hipócrita, Maria diz que o que mais quer é que ele esteja livre.

Macário diz a Montserrat que o Padre Anselmo foi atrás de José Luis para lhe entregar  algo a pedido de Alessandro. Montserrat se preocupa e diz que essa é a única prova da inocência de Alessandro e se cair nas mãos de Jose Luis, Alessandro jamais sairá da prisão. Nádia, com mentiras, consegue falar com Samuel e diz que Pedro é seu esposo.

Fabíola diz a Sandro que conheceu José Luis e vai se casar com ele. Sandro diz que ele não é seu tipo e nem tem dinheiro. Fabíola diz que ele herdará uma fortuna com a morte de Angélica.

Montserrat diz ao Padre Anselmo que se sente aliviada por ele não ter entregue a prova que lhe deu Alessandro, pois José Luiz odeia seu marido e faria mau uso do material. Maria diz a Pedro que Alessandro encontrou o bilhete de Joaquim e entregou ao Padre, mas ela o encontrou e já destruiu a prova.

Maria diz a Adolfo que o bilhete está com ela, mas Joaquim não culpa Alessandro, e sim Pedro Medina, assim que vai guardá-lo, caso algum dia precise usá-lo. Nádia diz a Montserrat que Pedro lhe pediu que engravidasse de Victor, e depois teria que deixar de vê-lo para sempre, e está certa que, para separá-los, Pedro seria capaz de matá-lo.

Quarta-feira (08)- Capítulo 58 de O Que a vida me Roubou

José Luis se desculpa com Alessandro pela demora em ir vê-lo. Alessandro entende e lamenta que Angélica tenha tão pouco tempo de vida. Pedro ouve Nádia e Victor conversando e descobre que Maria roubou do padre o bilhete.

Fabíola tenta convencer Montserrat a lhe entregar o testamento de Benjamin Almonte, mas ela diz que precisa da autorização de Alessandro. José Luis procura o padre Anselmo e pede que lhe entregue o bilhete de Alessandro. Montserrat, irritada, o  expulsa de sua casa, acreditando que ele ainda queria destruir Alessandro.

Fabíola diz que não acredita que José Luis queira fazer isso, pois ficou furioso quando descobriu que Maria roubou o bilhete. Pedro agride Maria para que lhe entregue o bilhete. Ezequiel diz a Carlota que Pedro é um delinquente. Ezequiel pede a mão de Carlota em casamento. 

Graziela, sarcástica, diz a Carlota que Ezequiel só a está usando. José Luis,  se surpreende ao ver que Maria foi agredida e desconfia de Pedro. Neste momento chega Montse e Maria faz José Luis acreditar que foi ela quem a agrediu. Montse furiosa a insulta e diz que a odeia. 

Adolfo diz a Maria que Alessandro está disposto a pagar milhões pelo bilhete de Joaquim. Maria responde que Pedro o tem em seu poder. José Luis pressiona Montserrat para que ela admita que ainda sente algo por ele, e a beija. Ela o esbofeteia e diz que não quer voltar a vê-lo.

Maria vai até a  prisão para tentar convencer Alessandro de que José Luis e Montserrat seguem se vendo e desejam destruir-lo. Pedro, furioso, pergunta a Nádia como pretende engravidar tomando anticoncepcionais. Ezequiel diz a Pedro que sua esposa foi até prisão e falou com Samuel, e que lhe parece um grande equívoco que deixem Maria viva.

Pedro concorda e manda um recado a Adolfo para que acabe com Maria. Angélica pede a sua mãe que a ajude a organizar o casamento de Esmeralda e Renato, mas que isso precisa ser rápido, pois não lhe resta muito tempo de vida.

Amélia pergunta se está certa que eles irão se casar, Angélica responde que sim, e como não tem dinheiro, ela ficou de ajudá-los. Alessandro diz a José Luis que precisa que ele lhe diga a verdade. José Luis confessa que beijou Montse, mas jura que isso jamais voltará a acontecer.

Alessandro, furioso, repreende José Luis. Pedro ameaça matar Adolfo caso ele não cumpra sua ordem de eliminar Maria. Adolfo procura Maria, lhe pede perdão e dispara. Ezequiel diz a Pedro que Maria já deixou de ser um problema.

Quinta-feira (09)- Capítulo 59 de O Que a vida me Roubou

Ezequiel faz Pedro acreditar que Adolfo assassinou Maria. A eles diz que precisam fugir para o mais longe possível. Ezequiel pede a Esmeralda que permita a Maria esconder-se em seu negócio, até que reúna provas para demonstrar que Pedro Medina é um narcotraficante corrupto e abusa de seu posto.

Sandro diz a Pedro que Fabíola tem algo muito importante para dizer, mas não quer ver seu nome envolvido no assunto. Pedro furioso diz a José Luis que o traiu e vai se arrepender. José responde que Alessandro é inocente e ficará livre. José Luis diz ao capitão Robledo que o responsável por queimar o dinheiro foi ele e não Alessandro.

O capitão diz que o que fez foi um delito e deve pagar por ele. José diz estar consciente, e só deseja que ele lhe permita ficar com sua esposa até seu ultimo dia de vida e depois se entregará. Graziela diz a Josefina que Demétrio se transformou em um rapaz de bem e se apaixonou por ela verdadeiramente.

Pedro diz a Adolfo que demonstrou lealdade ao assassinar Maria, e em agradecimento vai torná-lo seu braço direito. Adolfo responde que acreditava que seu braço direito era Ezequiel. Pedro responde com desprezo que Ezequiel e Maria não valem nada para ele. José Luis diz a Renato e Demétrio que o capitão Robledo o afastará da marinha. 

Pedro, furioso, diz a Nádia e Victor que foi muito tolerante com eles, mas as coisas podem mudar e os adverte que não façam nada pelas suas costas. Rosário diz a Alessandro que Montserrat foi falar com o capitão Robledo para que o ajude em seu caso e na investigação.

Montserrat diz ao capitão Robledo que investigue Pedro Medina, pois Joaquim deixou um bilhete, posteriormente roubado por Maria, que o comprometia, e não sabe se Pedro o queimou. Ezequiel se enfurece, mas finge quando Pedro lhe diz que Adolfo ocupará a prefeitura municipal quando ele se tornar governador.

Ezequiel adverte Adolfo que jamais será prefeito, pois esse cargo corresponde a ele. Sandro entrega a Pedro o testamento de Benjamin Almonte que Fabíola roubou. José Luis diz a Alessandro que está fora da investigação e também da marinha. O capitão Robledo diz a Pedro que José Luis cometeu um delito muito grave e Alessandro ficará em liberdade. 

Sexta-feira (10)- Capítulo 60 de O Que a vida me Roubou

Alessandro diz ao advogado Cervera que José Luis se culpou de ter queimado o dinheiro de Samuel, e por isso irá para a prisão. Rosário pede ao padre que não se preocupe pelo bilhete, pois Alessandro não lhe guarda rancor pelo ocorrido.

Mas o padre responde que é sim sua culpa, pois foi ingênuo em se deixar manipular por Maria. Alessandro diz ao advogado que acredita que Sandro e Fabíola tenham passado informações para Pedro Medina. O advogado responde que faz bem em não confiar neles, pois Fabíola é uma mulher problemática. 

José Luis diz a Angélica que tem permissão para passar uns dias com ela. Feliz, Angélica pede a José Luiz que a ajude a preparar uma surpresa para Esmeralda e Renato, que se casarão no próximo sábado. Graziela diz a Adolfo que o irmão de Josefina ficou com todo o dinheiro dela.

Adolfo responde que não lhe interessa o dinheiro de Josefina. Ezequiel diz a Graziela que vai se casar com Carlota e espera que ela não se ofenda, mas deseja ficar responsável pela sua família. Graziela, cínica, aceita um cheque que ele lhe dá. 

Alessandro fica em liberdade e é recebido por Rosário e Montse. Pedro diz a Sandro e Fabiola que Alessandro ficou em liberdade e lhe entrega um testamento falso de Benjamin Almonte, para usá-lo na ocasião propicia.

Esmeralda se surpreende quando Amélia e Angélica  dizem que assistirá um evento muito importante e se encarregam de arrumá-la para que fique deslumbrante. Amélia mostra um vestido de noiva e diz que é para ela pois vai se casar com Renato. Esmeralda, com os olhos cheios de lágrimas, agradece tudo que estão fazendo por ela.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de O que a Vida me Roubou.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais