Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Novela do SBT

Resumo dos capítulos de Carrossel que vão ao ar nesta semana

Cirilo teme ser humilhado na presença do Sr. Morales, e Maria Joaquina recebe o castigo do silêncio da parte dos colegas

Publicado em 30/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Resumo dos capítulos 11 a 15 da novela Carrossel, de Íris Abravanel, baseada em adaptação de Lei Quintana e Valeria Phillips do original de Abel Santa Cruz, que serão exibidos de 30 de maio a 3 de junho, às 12h, no SBT.

Segunda-feira, 30 de maio – Capítulo 11 de Carrossel

Helena telefona para a casa de Valéria e pergunta se ela sabe do paradeiro de Jaime. Valéria conta que a Patrulha Salvadora vai começar as buscas no dia seguinte. Helena fica sem entender nada.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Jaime dorme na casa de Bituca ao lado dos meninos de rua. Valéria revela a Helena que Jaime foi embora da escola sem conversar com ninguém.

Helena deixa a Escola Mundial tarde da noite. Ela pede para Rafael mantê-la informada sobre Jaime. Ao dormir no abrigo de Bituca, Jaime sonha com comida. Jaime tem um pesadelo e acorda sobressaltado.

Rafael decide ir procurar Jaime no meio da noite. Jaime conta a Bituca que teve um pesadelo, estavam batendo nele. Jaime afirma a Bituca que não quer voltar para a casa de seus pais.

Os alunos da Escola Mundial se encontram na casa abandonada e decidem procurar Jaime no campo, onde mora o mendigo maluco.

Helena telefona para Rafael, que a informa que ainda não tem notícias sobre Jaime. A Patrulha Salvadora começa as buscas. Daniel divide os patrulheiros em grupos para começar as buscas.

Valéria, Cirilo e Alícia observam um mendigo com um enorme saco nas costas, eles pensam na possibilidade de Jaime estar dentro do saco.

José e Paula vão à casa de Rafael e Eloisa para confortar o casal. Paula tenta acalmar Eloisa, que está em prantos. Maria Joaquina e Bibi tomam sol à beira da piscina.

Maria Joaquina diz a Bibi que não para de pensar em Jaime. Valéria, Cirilo e Alícia contam que viram o mendigo maluco. Bituca ensina Jaime a tocar gaita.

Valéria, Cirilo e Alícia encontram Jaime. Os quatro se abraçam. Rafael revela a Eloisa que foi à delegacia, mas os policiais não têm informações sobre Jaime.

Valéria avisa a Patrulha Salvadora que Jaime foi encontrado. Triste, Jaime afirma aos patrulheiros que não quer voltar para casa dos pais, pois agora tem uma nova família.

Davi diz a Jaime que todos estão esperando por ele. Bituca aconselha Jaime a retornar para casa e ficar ao lado da verdadeira família. Bituca dá a gaita para Jaime.

Os patrulheiros levam Jaime para a Escola Mundial. Helena se emociona ao rever o aluno e pede para ele nunca mais sumir. Helena telefona para Rafael e diz que Jaime apareceu.

Helena pede para Rafael não bater em Jaime. Helena conversa com Jaime. Os dois ouvem a conversa atrás da porta. Helena afirma a Jaime que sabe que ele fugiu por que tirou nota baixa na escola.

Helena comenta com Jaime que Rafael prometeu que não vai encostar a mão nele. Firmino flagra as crianças ouvindo a conversa de Jaime e Helena atrás da porta. A porta se abre e os alunos caem dentro da sala dos professores.

Rafael afirma a Helena que vai ficar aliviado quando der umas boas palmadas em Jaime. As crianças se juntam para dizer a Rafael que ele não pode bater em Jaime.

Helena leva Rafael para ver Jaime, que está tocando gaita. Rafael confessa a Helena que é difícil manter a a calma depois de tanto nervosismo. Rafael fica emocionado ao ver Jaime tocando gaita e afirma que não sabia que o filho tinha talento para a música. Rafael e Jaime se abraçam. O pai pede para o filho continuar tocando o instrumento.

Adriano telefona para Davi e pede a ajuda do amigo para encontrar Chulé na outra dimensão. Helena e Olívia começam a reunião de pais e mestres – eles discutem sobre a construção de uma lanchonete na escola. Eles decidem que a Escola Mundial terá uma lanchonete, que será doada pelos pais.

Jaime tenta convencer a mãe a parar de fumar. Adriano e Davi começam a expedição a caminho do buraco negro. Os dois conseguem fazer a travessia para a outra dimensão e começam a procurar por Chulé. Os dois começam a ver outros seres.

Adriano e Davi descobrem que Chulé foi capturado por Cartola Negra, o rei daquela dimensão. Eles conhecem um cachecol falante. Os dois encontram Chulé, mas são perseguidos pelo exército do Cartola Negra. Depois de passar apuros, os dois conseguem retornar ao mundo real.

Terça-feira, 31 de maio – Capítulo 12 de Carrossel

Maria Joaquina diz a Carmen que os pais dela se tratam como cães e gatos. Para defender Carmen, Valéria e Marcelina chamam Maria Joaquina de invejosa e metida. Elas partem para a briga, mas Jaime as separa.

Helena e Olívia entram na sala de aula. Olívia coloca Jaime de castigo, fora da sala. Olívia revela aos alunos que o Sr. Morales, que fez a doação do edifício da escola, fará uma visita. Ela pede para as crianças virem no dia seguinte com o uniforme impecável.

Helena aconselha Jaime a ter bons costumes. Jaime diz à professora que não podia adivinhar que a diretora estava atrás dele. Cirilo fica preocupado com a visita de Sr. Morales, pois está com os sapatos gastos.

Valéria, Marcelina e Bibi conversam com Maria Joaquina e aconselham a colega a tratar Cirilo bem. Orgulhosa, Maria Joaquina afirma que não tem culpa por Cirilo se sentir rejeitado. Cirilo conta para o pai, José, que Sr. Morales visitará a escola e ele precisa de sapatos novos.

Maria Joaquina coloca sua coleção de sapatos sobre a cama e fica indecisa sobre qual modelo vai usar no dia seguinte. Paulo passa cola na sola do sapato da irmã, Marcelina. José comenta com o filho que não tem como comprar um par de sapatos novos para ele.

Davi diz para Helena que Cirilo está com receio de que ela brigue com ele, por estar usando sandálias de borracha. Jaime defende Cirilo e ameaça os colegas, caso alguém faça piadas sobre as sandálias do amigo. O Sr. Morales chega à Escola Mundial. Firmino o recebe e o leva até a sala da diretora Olívia.

Graça fica encantada com Sr. Morales. Olívia recebe Morales em sua sala, fica fascinada pelo benfeitor e afirma que ele é muito generoso. Maldosa, Maria Joaquina comenta que ao ver as sandálias de Cirilo, o Sr. Morales vai pensar que a escola é frequentada por favelados.

Sr. Morales comenta com Olívia que só ouviu elogios a respeito da professora Helena. A diretora o leva ao terceiro ano. Ao conhecer Helena, Morales não economiza elogios à professora. Olívia fica enciumada. Morales afirma a Maria Joaquina que foi muito amigo do pai dela durante a infância, até roubaram galinhas do vizinho juntos. Maria Joaquina faz uma cara de esnobe. Os alunos começam a gargalhar.

Sr. Morales conversa com Cirilo. Deslocado, Cirilo diz que está sem os sapatos. Olívia afirma a Helena que é inadmissível um aluno de chinelos de borracha. Sr. Morales fala a Cirilo que as sandálias dele são muito bonitas e revela ao garoto que durante a infância andava descalço. O benfeitor afirma a Cirilo que ele terá um futuro brilhante.

Maria Joaquina discute com o pai, Miguel, e brada que ele devia ter contado que foi pobre na infância, porque ela passou vergonha na sala de aula. Miguel diz à filha que morar em uma casa bonita e ter milhões de roupas não a faz ser melhor que ninguém.

Maria Joaquina pergunta para sua boneca se ela deve gostar de Cirilo, uma pessoa que é tão diferente dela. Helena aplica prova de gramática. Valéria e Marcelina pedem para ir ao banheiro. Olívia e Matilde pesquisam sobre a vida de Helena na internet. Matilde afirma que Helena deve ter um passado negro.

Os alunos fazem a prova. Maria Joaquina afirma a Helena que Marcelina está colando, com o livro aberto embaixo da carteira. Valéria brada que sente vontade de dar uma bofetada em Maria Joaquina. Helena pede para Marcelina entregar sua prova e dá uma prova diferente para a menina.

Os alunos entregam a prova a Helena, que diz que precisa conversar com Maria Joaquina. Jaime entrega a prova com meia página de redação. Helena conversa com Maria Joaquina e afirma que a menina é uma excelente aluna, mas não é uma boa colega.

Helena comenta que Maria Joaquina só sabe criticar e delatar seus amigos. Maria Joaquina vai para o recreio e é esnobada pelos colegas. Firmino revela a Helena que ouviu os alunos comentarem que iriam fazer julgar Maria Joaquina.

Firmino vê Maria Joaquina isolada no pátio e aconselha a garota a pedir desculpas aos amigos. Pedante, ela diz que nem morta. Helena conversa com Daniel e afirma que não vai aceitar que façam mal a Maria Joaquina, pois ninguém tem direito de julgar ninguém.

Chega à Escola Mundial o material para a construção da lanchonete. Miguel e Clara percebem a tristeza de Maria Joaquina. A menina conversa com seu bicho de pelúcia e diz que a professora Helena não gosta dela, pois só defende os outros alunos.

Quarta-feira, 1º de junho – Capítulo 13 de Carrossel

Valéria revela a Carmen e Laura que não aguenta mais Maria Joaquina. Valéria comenta que não sabe como Cirilo pode gostar de uma menina tão metida e fofoqueira.

A Patrulha Salvadora faz uma assembleia na casa abandonada para julgar Maria Joaquina Medsen. Os integrantes da Patrulha se voltam contra Paulo, pois ele também é mexeriqueiro.

Paulo fala a todos sobre o seu plano contra Maria Joaquina. Ele fantasia colocar formigas grandes na cama da menina. Cirilo o enfrenta ao dizer que, se ele fizer mal a Maria Joaquina, vai sofrer as consequências.

Carmen tem uma ideia: a de tratar Maria Joaquina com indiferença, como uma sombra. A Patrulha aceita a ideia de Carmen e a chama de castigo do silêncio.

Cirilo afirma a todos que Maria Joaquina merece uma chance. Em sua casa, Maria Joaquina escreve em seu tablet que não suporta mais aquela “gentinha” da escola.

Maria Joaquina começa a sonhar acordada: ela está à beira da piscina e Jaime, Paulo e Cirilo são os seus empregados. Em suas fantasias, Daniel é seu marido.

Helena pergunta a Daniel o que eles decidiram fazer com Maria Joaquina na assembleia. Daniel revela a Helena que ficou decidido que Maria Joaquina vai sofrer o castigo do silêncio.

Helena questiona Daniel se ele acha certo julgar alguém. Maria Joaquina entra e diz que vai aguardar o sinal tocar na sala, pois ficou sabendo que querem cometer selvagerias contra ela.

Maria Joaquina afirma a Helena que é um favor que eles fazem em não dirigir a palavra a ela. Helena comenta com a menina que ela pode ter uma vida solitária.

Maria Joaquina afirma que todos a odeiam porque é uma ótima aluna, vive em uma casa luxuosa e tem dinheiro para tapar a boca de todos. Helena fica perplexa e pede para aluna esperar no pátio ao lado dos outros alunos.

No pátio, as crianças estão brincando e tratam Maria Joaquina com indiferença. Ela fica isolada por dias. Maria Joaquina comenta com os pais que faz uma semana que ninguém conversa com ela na escola. Ela reconhece que está sofrendo o castigo do silêncio e não aguenta mais tanta solidão e desprezo.

Paula percebe que Cirilo está triste. Ela pergunta ao filho por que ele não sorri mais. Clara pede para Maria Joaquina não ficar triste. Zelosa, a mãe afirma que não deixará que nada de mau aconteça à filha. Maria Joaquina diz ao pai que quer voltar para a escola antiga e ficar perto de suas primas. Miguel aconselha a menina a tentar fazer amizade com os colegas da Escola Mundial.

Cirilo comenta com Paula que o que estão fazendo a Maria Joaquina na escola é injusto. No dia seguinte, Maria Joaquina chega à escola, mas continua isolada.

Olívia chama Helena para uma conversa e pergunta sobre o castigo do silêncio que os alunos estão fazendo Maria Joaquina passar. Matilde afirma que a turma de Helena está fora de controle. Helena diz que fica com o coração partido ao ver Maria Joaquina isolada.

Olívia afirma que teme que o pai de Maria Joaquina descubra e pare de fazer as doações para a construção da lanchonete. Miguel e Clara discutem sobre a educação de Maria Joaquina, que chega e suplica ao pai para tirá-la da Escola Mundial.

Quinta-feira, 2 de junho – Capítulo 14 de Carrossel

Laura pergunta a Carmen por que os pais dela se separaram. Ela afirma a Carmen que acredita no amor verdadeiro e que os pais dela vão voltar a se amar. Rosa arruma Valéria para a escola. A menina conta para a mãe que Maria Joaquina é uma fofoqueira, nunca foi sua amiga e nunca será.

Clara fala a Miguel que o que Maria Joaquina tem passado na faz bem a ela. Clara esbraveja e diz que Miguel concorda com a atitude dos colegas de Maria Joaquina. Cirilo sonha que está a sós com Maria Joaquina na sala de aula. No sonho, Maria Joaquina aparece com os olhos roxos e com dentes de vampiro. Cirilo acorda apavorado.

Miguel examina a filha, Maria Joaquina está com febre, com a garganta inflamada. Maldoso, Paulo afirma a Cirilo que Maria Joaquina deixou a escola, nunca mais vai voltar. Helena repreende Paulo ao dizer que a brincadeira dele é infeliz.

Maria Joaquina não vai à escola. Clara trata da filha, que ainda está com febre. Maria Joaquina comenta com a mãe que não precisa daqueles colegas chatos e falsos. Cirilo pergunta a Daniel o que aconteceu a Maria Joaquina. Valéria afirma que Maria Joaquina é uma chata. Cirilo defende a amada e diz que Valéria é mais feia que Maria Joaquina. Helena observa a discussão e os repreende.

Ao soar o sinal do recreio, Valéria vai à mesa de Helena e pede desculpas, pois não queria causar confusão. No recreio, Davi chama a atenção de Cirilo e diz que ele não devia ter falado com Valéria daquela forma. Daniel pede para Cirilo e Davi pararem de discutir.

Valéria comenta com as meninas que não entende por que Cirilo gosta mais de Maria Joaquina do que dela. Miguel percebe que Maria Joaquina continua febril, e não está se alimentando. Cirilo pondera e diz a Davi que defende Maria Joaquina pelo mesmo motivo que ele defende Valéria: amor.

As crianças encontram um passarinho no pátio. Carmen leva o passarinho para a professora Helena. Helena passa exercícios na lousa. Paulo não perde a oportunidade de comentar com Daniel que o castigo de Maria Joaquina foi obra de mestre.

Miguel decide ir à Escola Mundial conversar com Helena sobre a filha. A professora pede para Graça ficar com os alunos enquanto conversa com o pai de Maria Joaquina. Miguel revela a Helena que Maria Joaquina pediu para mudar de escola, pois está sofrendo represálias por parte dos colegas de sala.

Em seu quarto, Maria Joaquina promete a si mesma que nunca mais colocará os pés na Escola Mundial. Graça cochila na mesa da professora Helena. Firmino chega e a acorda. A faxineira fica atrapalhada e os alunos caem na gargalhada.

Miguel diz a Helena que não aguenta mais ver o sofrimento da filha e que a menina anda muito confusa. Para tranquilizá-lo, a professora afirma que Maria Joaquina retornará à escola mais amiga dos colegas. Helena volta para a sala de aula e fica impressionada com o comportamento de seus alunos.

A professora revela aos alunos que Maria Joaquina está doente de tanta tristeza e pediu para o pai trocá-la de escola. Cirilo fica arrasado com a notícia e confessa que não sabe o que fará sem a presença de Maria Joaquina. Chega o grande dia da inauguração da lanchonete na escola. Helena chama Carmen e pede para a menina cortar a fita.

Sexta-feira, 3 de junho – Capítulo 15 de Carrossel

Valéria diz a Jaime que ele pensa com a barriga. Na inauguração da lanchonete, os alunos saboreiam os lanches que Eloísa, mãe de Jaime, fez. Helena comenta com a diretora Olívia que Maria Joaquina não sairá da Escola Mundial.

Laura está triste e revela a Graça que está com inveja de Jaime, pois a mãe dele faz lanches mais saborosos do que a dela. Clara afirma a Miguel que a febre de Maria Joaquina passou, mas está desconfiada de que a filha está com depressão.

Rafael pede para Jaime fazer as pazes com Maria Joaquina. Pai e filho fazem um pacto: Jaime pede para o pai nunca mais bater nele, pois assim passará de ano. Jaime vai à casa de Maria Joaquina para fazer as pazes. Cirilo pede para ir junto.

Miguel leva Jaime ao quarto de Maria Joaquina. O garoto fica impressionado com o quarto de Maria Joaquina, que pergunta o que Jaime quer com ela. Jaime pede ajuda a Maria Joaquina para fazer uns exercícios de matemática. Carmen conta à mãe que inaugurou a lanchonete da escola.

Jaime diz a Maria Joaquina que todos estão sentindo a falta dela na escola. Jaime conta que Cirilo até chorou. Valéria diz a Bibi e Laura que Maria Joaquina prejudica o bom andamento das aulas.

Maria Joaquina pergunta a Jaime se ela será rejeitada pelos colegas se retornar à escola. Jaime promete à amiga que dará uma surra em quem ameaçá-la. Maria Joaquina se despede de Jaime com um beijo no rosto. Jaime telefona para Cirilo e conta que Maria Joaquina voltará à escola.

Valéria faz maquiagem e penteado para ir à aula. Valéria chega à escola e todos ficam impressionado com o seu visual. Cirilo pergunta a Helena o que ela acha se ao receber Maria Joaquina todos cantarem para ela. Ele conta que criou uma música para a amada.

Jaime compra flores e uma caixa de bombons para entregar a Maria Joaquina. Professora Helena pede para os alunos tratarem Maria Joaquina com naturalidade. Paulo e Kokimoto observam Jaime à espera de Maria Joaquina. Ao ver as flores nas mãos de Jaime, os dois fazem chacota.

Graça e Eloisa falam sobre o comportamento de Valéria na lanchonete da escola. Elas comentam que a menina é exibida. Eloisa passa a trabalhar na lanchonete da escola fazendo os quitutes para as crianças. Jaime entrega as flores para Maria Joaquina, que as leva para a escola.

Jaime e Maria Joaquina chegam à escola. Maria Joaquina demonstra insegurança, mas Jaime a tranquiliza ao dizer que todos esperam por ela. Valéria não gosta nada do retorno de Maria Joaquina e a trata com total desprezo. Cirilo revela a Maria Joaquina que sentiu muito a falta dela.

Miguel vai à oficina mecânica de Rafael agradecer pela gentileza com que Jaime tratou Maria Joaquina. Maria Joaquina confessa a Helena que sentiu a falta dos colegas. Professora e aluna dão um longo abraço. Para a surpresa de Cirilo, Maria Joaquina revela que sentiu a falta dele. O garoto fica radiante.

Valéria comenta com Paulo que está sendo injustiçada, pois todos estão do lado de Maria Joaquina. Os dois começam a tramar algo contra a “patricinha”. Paulo envenena Valéria ao dizer que Maria Joaquina joga charme para Davi. Valéria fica furiosa. Paulo entrega uma caixa a Valéria.

A turma do terceiro ano começa a comentar que Maria Joaquina e Jaime são namorados. Cirilo fica irritado. Durante a aula, Paulo pede para Helena deixá-lo ir ao banheiro, mas vai à sala de música de Matilde e coloca um CD de heavy metal no aparelho de som da professora.

Para provocar Maria Joaquina, Paulo e Kokimoto falam à garota que ela vai se casar com Jaime quando crescer. Maria Joaquina fica atônita de tanta raiva que sente. Davi conta a Helena que Jaime ameaçou dar uma surra nele.

Ao ligar o aparelho de som, Matilde fica transtornada ao ouvir heavy metal no último volume. Maria Joaquina comenta com Jaime que não liga sobre os comentários de que os dois são namorados. Ela afirma que é impossível acontecer algo entre os dois, pois suas famílias não têm o mesmo nível social. Não bastasse, ela diz que o pai de Jaime anda sempre com um macacão e as mãos sujas de graxa. Jaime fica alterado e chama Maria Joaquina de nojenta e metida. Os dois começam uma discussão acalorada. Helena os observa de longe.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de Carrossel.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....