Último capítulo de Verdades Secretas: Carolina tira a própria vida e Angel mata Alex

Mãe não suporta a dor da descoberta de que a amada filha tem um caso com o padrasto

Publicado em 15/12/2021 18:34
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O último capítulo de Verdades Secretas, exibido em 25 de setembro de 2015 e cuja reprise deve ir ao ar nesta sexta-feira, 16 de dezembro, deixou o telespectador tenso do início ao fim e teve como ponto alto as mortes de Carolina (Drica Moraes) e de Alex (Rodrigo Lombardi). Já no primeiro bloco, a mãe de Angel (Camila Queiroz) comete suicídio, mas antes a dona de casa quer saber dos traidores sobre o envolvimento deles.

Alex (Rodrigo Lombardi) contou que já tinha tido um caso com a ninfeta e que só ficou com Carolina para conseguir permanecer próximo da adolescente. Depois de dar um tiro em um vaso no quarto da filha, Carolina deixou os amantes no cômodo e saiu para escrever um bilhete de despecida: “Arlete, Angel, como você prefere, seja feliz. Eu te amo muito, minha filha”. Ela então se levanta, aponta a arma para a cabeça e dispara.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após o enterro de Carolina, Hilda (Ana Lúcia Torre) deu a arma do crime, que foi de seu marido, para Angel. “Agora temos que conviver com nossas dores”, disse a avó da ninfeta. A modelo acabou voltando para o interior com o pai, Rogério (Tarcísio Filho). Apaixonado por ela e disposta a esquecer tudo o que passou, Gui (Gabriel Leone) foi atrás da adolescente dizendo que ainda queria se casar com ela. Mas Angel não aceitou a proposta.

A moça já tinha em sua mente outros planos. Ela aceita ir embora com Alex, mas quando os dois estão em alto-mar, a jovem, com a mesma arma que a mãe se matou, atira e mata Alex, vimgando a morte de Carolina. Ela se safa do assassinato, inventando que Alex morreu e caiu no mar.

Para encerrar, Angel aceita se casar com Gui, e as últimas cenas de Verdades Secretas mostram Arlete/Angel se casando e vivendo feliz com seu novo amor, como se nada tivesse acontecido.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio