Mar do Sertão

Tertulinho atenta contra a vida de José, mas o executivo ganha um novo aliado na guerra pelas terras de Daomé

Joel acaba ficando ao lado do empresário quando o fazendeiro manda meter bala no invasor

Publicado em 30/11/2022

Canta Pedra vai virar quase um faroeste nos próximos capítulos da novela Mar do Sertão, trama das 18h exibida pela Globo. Acontece que desde que foi expulso de sua casa, após ser destituído do cargo de presidente da JM/Chaddad, em uma armação de Laura (Eli Ferreira), Tertulinho (Renato Góes) e Márcio (Gabriel Godoy), José (Sergio Guizé), mais do que nunca deseja ter as terras que pertenceram a seu finado pai, na fazenda Palmeiral.

O executivo sem teto jura para Tereza (Clarissa Pinheiro) e Timbó (Enrique Diaz) que lutará até o final de seus dias pelas terras que foram de Daomé (Wilson Rabelo). Mesmo abrigado na casa de Candoca (Isadora Cruz), José resolve montar acampamento nas terras para começar a erguer sua casa.

Zé Paulino (Sérgio Guizé) em Mar do Sertão
José Sérgio Guizé em Mar do Sertão

Só que alguns dias depois, Joel (Mateus Cardoso) vê uma barraca montada nas terras que eram do falecido Daomé e estranha aquela situação. Preocupado e apreensivo de que sejam bandidos tentando invadir a Palmeiral, o leiteiro corre para contar o fato a Tertulinho.  

O filho de Deodora (Débora Bloch), que já desconfia que se trate de José, vai até o local para tirar a prova. Lá chegando percebe que matou na mosca e exige que o rival deixe aquelas terras imediatamente. O noivo de Candoca se nega e afirma que por direito aquele pedaço de terra pertence a ele.

Sem paciência alguma e cheio de raiva e rancor, Tertulinho ordena que seus jagunços metam bala em José, sem dó, nem piedade. Mas Joel, que tem uma amizade pelo empresário se recusa a atirar contra ele e não deixa que os outros o façam. O leiteiro acaba despertando a fúria do patrãozinho, que lhe demite ali mesmo, na frente de todo mundo.

A partir desse episódio, Joel e José se unem contra as injustiças e barbaridades cometidas por Tertulinho, afinal, o funcionário da Palmeiral já estava farto de ser humilhado pelo riquinho. Dias depois, Pajeú (Caio Blat) diz para José que agora trabalha para Deodora.

O pai de Manduca (Enzo Diniz) pede que Joel lhe ajude nessa guerra pelas terras que eram de seu pai e o leiteiro, fiel, garante que agora está ao seu lado e fará o que puder para lhe ajudar nessa batalha.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade