Sabedor de muita coisa sobre Herbert, o agente Bellotti pode ser assassinado

O representante do Banco Central está com a vida por um fio, devido a seu avanço nas investigações sobre o marido de Rafaela

Publicado há 4 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Designado pelo Banco Central para apurar a verdade sobre o conveniente suicídio do empresário Herbert Alvaray (Jorge Dória), o agente Carlos Bellotti (José Augusto Branco) pode estar com os dias contados em Brega & Chique.

Ainda que por vezes seja um pouco atrapalhado, o investigador já descobriu que o homem encontrado no carro de Herbert e reconhecido por Rafaela (Marília Pêra) como sendo seu marido calçava 38, enquanto o verdadeiro Herbert usava sapatos de número 42.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Outras descobertas de Bellotti foram a do caso extraconjugal de Herbert com Zilda (Nívea Maria) e a de que a conta bancária secreta do empresário na Suíça foi “limpa” 15 dias depois de quando se acredita que ele tenha morrido no Brasil.

Figuras como Maurício (Tato Gabus Mendes), ex-marido da filha mais velha de Herbert, Thamyres (Cristina Mullins), e o braço-direito do milionário, Montenegro (Marco Nanini), já foram procuradas por Bellotti, ameaçadoramente perto de Cláudio Serra (Raul Cortez) – que é ninguém menos do que o próprio Herbert Alvaray, como se sabe.

Diante da incisiva atuação do agente, Cláudio diz a Montenegro que talvez tenha que matar Bellotti. Especialmente depois que, desconfiado de que Herbert está vivo, em algum lugar, sob outra identidade – ou seja, próximo da verdade -, Bellotti aconselha Montenegro a não ser cúmplice do amigo e patrão – o que ele de fato é, desde o princípio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais